Menu
Busca sábado, 28 de março de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
32ºmax
23ºmin
RECONHECIMENTO

Professores do Tocantins são premiados pelo Instituto Unibanco

09 maio 2011 - 09h19

Guardem esses nomes: Klauber Oliveira Lima, professor de Matemática do Centro de Ensino Médio Castro Alves, em Palmas; Shirley Barbosa de Sousa, professor de Química do Colégio Estadual Raimundo Neiva, em Palmeiras; Maria Dalvani Andrade Granja de Sousa, professora de Língua Portuguesa do Colégio Osvaldo Franco e Sônia Cristina Ruzza Nogueira, professora de Matemática do Instituto Presbiteriano Vale do Tocantins, em Paraíso.

Os educadores de escolas do Tocantins serão premiados durante solenidade programada para amanhã, 10, no de Convenções da BM&FBOVESPA, no Rio de Janeiro no workshop Avaliação de Impacto do Projeto Educação Financeira nas Escolas em 2010

Esses professores ministraram com sucesso a temática educação financeira nas escolas e além de participar do seminário vão receber um netbook. Na ocasião, será apresentado um estudo inédito para avaliar os resultados da primeira fase do programa piloto desenvolvido pelo ENEF – Estratégia Nacional de Educação Financeira. No workshop, haverá apresentação de experiências internacionais de alfabetização financeira e os passos para disseminar esse tema entre professores, alunos e suas famílias.

Dentre os participantes do seminário internacional estão: o diretor presidente da BM&FBOVESPA, Edemir Pinto, a presidente da Comissão de Valores Mobiliários, Maria Helena Santana, o diretor do BIRD - Banco Mundial para o Brasil, Makhtar Diopp, entre outros. Da Secretaria da Educação, também vão participar Maria das Dores Rodrigues Maia, coordenadora de capacitação de desenvolvimento de pessoas e Alessandra Camargo, coordenadora do programa Educação Financeira.

No workshop serão discutidos assuntos como: o impacto da Educação Financeira, avaliação dos projetos pilotos, fundo Fiduciário Russo para a alfabetização financeira e os professores vão apresentar suas experiências nas escolas.

Além do prêmio que o professor receberá, os alunos que participaram do projeto piloto receberão ou um MP4 ou uma viagem.

Para a estudante Antônia da Silva Moraes, 17 anos, aluna do 3º ano do ensino médio do CEM Castro Alves, participar do programa Educação Financeira lhe ajudou muito a ter a prática de fazer um orçamento pessoal com o salário e os gastos do mês. “Aprendi que é preciso economizar, se desejo adquirir alguma coisa no futuro”. (Da Secretaria de Educação)
 

AO VIVO