Menu
Busca sexta, 28 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
22ºmin
ARTICULAÇÕES

Sindjor/TO articula ações junto ao Legislativo e Executivo

25 maio 2011 - 18h07

Membros da Diretoria Executiva do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Tocantins - Sindjor/TO estiveram na manhã desta quarta-feira, 25, com o secretário estadual de Comunicação, Arrhenius Naves, solicitando inclusão de emenda aditiva na Medida Provisória nº 16/2011, que altera a Lei 2.434 e dispõe sobre as estruturas operacionais de diversos órgãos do Poder Executivo, que ora tramita na Assembleia Legislativa. A solicitação, caso seja acatada, incluirá na estrutura da Secretaria das Oportunidades, Junta Comercial do Estado do Tocantins (Jucetins) e Prodivino o cargo de Assessoria de Comunicação. “O pedido justifica-se em virtude da existência do cargo de Assessoria de Comunicação nas demais estruturas do governo estadual”, observa Júnior Veras, presidente do Sindjor.

Na ocasião, os representantes do Sindjor também pediram ao titular da Secretaria de Comunicação (Secom) apoio para que seja assegurada no concurso para o quadro geral do estado, a inclusão de 30 vagas para jornalistas profissionais e 25 para repórteres fotográficos, conforme estabelecido na lei 1.534. Com a iniciativa a entidade se antecipa à publicação do edital do certame. Para formalizar o pedido, o sindicato enviará ofício à Secretaria de Administração com cópia para a Secom.

Ainda nesta terça-feira, os representantes do Sindjor articularam com o presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputado estadual, Eli Borges, agilidade na inclusão do projeto de lei, de autoria da deputada Solange Duailibe, que cria o cargo de assessor de imprensa para os gabinetes dos deputados na pauta de votação. Borges, que já havia se manifestado a favor do projeto, se comprometeu em colocá-lo em votação nas próximas sessões.

O sindicato fez um bom trabalho de articulação junto aos parlamentares, tanto de oposição quanto de situação, e diante das manifestações de apoio que recebeu, acreditamos que o projeto da deputada Solange será aprovado”, afirma o presidente do Sindjor, acrescentando que a iniciativa abrirá mercado de trabalho para os profissionais jornalistas. (Da Ascom Sindjor/TO)
 

AO VIVO