Menu
Busca terça, 07 de abril de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
32ºmax
22ºmin
APRESENTAÇÃO

Coral Mil Vozes realiza novo ensaio nas escadarias do Palácio Araguaia

15 junho 2011 - 18h56

Depois de já ter emocionado a todos os que presenciaram o primeiro ensaio coletivo do Coral Estudantil Mil Vozes do Tocantins, no último dia 09, nas escadarias do Palácio Araguaia, o grupo volta a se reunir nesta quinta-feira, 16, a partir das 17 horas, no mesmo local, onde um novo treinamento ocorre ao ar livre e aberto ao público. Projeto da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), o Mil Vozes reúne cerca de 1200 alunos de escolas estaduais, municipais, federais e particulares de Palmas, que irão se apresentar durante a Feira Literária Internacional do Tocantins (Flit), no dia 02 de agosto.

Este ensaio-geral é o antepenúltimo antes do espetáculo na Flit. Os próximos ocorrem no dia 22 de junho, também nas escadarias do Palácio, e no dia 1º de agosto, desta vez em uma unidade de ensino da Capital, pois a Praça dos Girassóis estará ocupada pelas diversas atividades que compõem a Feira Literária, que já terá sido iniciada no dia 25 de julho e só se encerrará no dia 03 de agosto.

Repertório
No total, o Mil Vozes tem ensaiado 17 canções, tanto regionais, como nacionais e estrangeiras. Algumas delas são o “Hino ao Tocantins”, de autoria de Genésio Tocantins; “Taquarulua”, de Dorivã; “Sementes do amanhã”, de Erasmo Carlos; “O amor chegou”, de Elton John e Tim Rice; “Oh!, happy day!”, de Lou B. Rogers e Jenny Johns; “Primavera”, popularizada por Tim Maia; e “Roda Viva”, de Chico Buarque; dentre outras.

Objetivo
Com o objetivo de proporcionar a integração entre as unidades escolares da Capital e aproximar estudantes de realidades sociais distintas, e eles todos do universo musical, o Coral Mil Vozes vai ao encontro da proposta das Escolas de Tempo Integral, que proporcionam aos alunos conviverem, diariamente, com diversas práticas artísticas, sendo a música uma delas. Segundo o secretário de estado da Educação, Danilo de Melo Souza, esta metodologia estimula o desenvolvimento social e emotivo dos estudantes. “Este projeto é essencial como elemento de formação destes meninos e destas meninas, pois apresenta valores importantes e estimula o conhecimento estético e sócio-emocional de cada um deles, firmando os princípios bons, como o focado em vivermos em uma sociedade fraterna”, explica Danilo de Melo. (Marcus Mesquita da Ascom Seduc)

 

AO VIVO