Menu
Busca segunda, 03 de agosto de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
20ºmin
JALAPÃO

Naturatins participa de Processo de Indicação Geográfica da região

14 julho 2011 - 12h34

Responsável pelo ordenamento do capim-dourado na região do Jalapão, o Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins foi um dos parceiros do processo de Indicação Geográfica, na modalidade Indicação de Procedência, para o artesanato de capim-dourado do Jalapão, que teve o deferimento publicado nesta terça-feira, 12, pelo INPI – Instituto Nacional de Propriedade Industrial.

A Indicação Geográfica é uma certificação que garante a procedência do produto e sua qualidade. Desta forma, torna-se um diferencial competitivo para seus detentores.

De acordo com a gerente do Parque Estadual do Jalapão - PEJ, Rejane Ferreira Nunes, não haverá interferência nos trabalhos do Naturatins acerca da portaria 362/2007, que regulamenta as práticas de manejo para o extrativismo sustentável do capim-dourado. “Essa indicação vai agregar valor ao produto e reconhecimento da associação de artesão da região”, explicou.

O encontro para apresentação do Processo de Indicação foi uma realização da Associação dos Artesãos em Capim Dourado da Região do Jalapão – AREJA, junto ao INPI, e aconteceu no dia 31 de maio no município de Mateiros. Na ocasião, participaram prefeitos da região, representantes do PEJ, associações, vereadores, comunidade local e a caravana do Governo.

Certificado de registro
A partir da publicação, a Associação dos Artesãos em Capim Dourado da Região do Jalapão do Estado do Tocantins tem 60 dias para comprovar, junto ao INPI, o pagamento da taxa prevista para expedir o certificado de registro. (Com informações do INPI)

AO VIVO