Menu
Busca segunda, 26 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
33ºmax
23ºmin
RECURSOS E TECNOLOGIA

Programa investirá em inovação de empresas

24 agosto 2011 - 11h06

O secretário Estadual da Ciência e Tecnologia, Borges da Silveira, e o presidente da FIETO – Federação das Indústrias do Estado do Tocantins, Roberto Pires, assinaram convênio na tarde desta terça-feira, 23, na sede da FIETO em Palmas, repassando para o IEL Tocantins – Instituto Euvaldo Lodi a responsabilidade de execução do programa SIBRATEC - Sistema Brasileiro de Tecnologia.

O programa é fruto de parceria da Secretaria da Ciência e Tecnologia e a Finep - Financiadora de Estudos e Projetos, vinculada ao MCT - Ministério da Ciência e Tecnologia, e prevê a implantação da Rede de Extensão Tecnológica, prestando assistência às micro, pequenas e médias empresas com vistas ao desenvolvimento e à solução de gargalos na gestão tecnológica do Estado.

Com a assinatura desse convênio, o IEL, por meio do SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, iniciará a partir do mês de setembro o atendimento a 94 empresas no Tocantins, contemplando as que atuam nos setores de vestuário, alimentos, mineração, cerâmica e artefato de cimento. O SENAI já está contratando os consultores especialistas que irão atender os empresários e o programa tem duração de três anos.

Segundo o secretário Borges da Silveira, a implementação do programa trará um avanço muito grande para as empresas e o Estado de modo geral. “As empresas tocantinenses passarão a receber orientações para diagnosticar problemas, verificar necessidades e ver o que pode ser inovado. Uma empresa organizada consegue melhorar o seu rendimento, gerando mais empregos”, destacou o gestor de C&T.

Para o presidente da FIETO, Roberto Pires, O SIBRATEC vai promover uma maior aproximação entre a academia e o empreendedor. “Existem muitos projetos que ficam só nas universidade e não vão para a ponta. É preciso que a pesquisa chegue à empresa para que ela possa melhorar o seus produtos”, ressaltou Roberto Pires.

Também são parceiras a UFT – Universidade Federal do Tocantins e a Unitins – Fundação Universidade do Tocantins, responsáveis pela execução secundária do programa. Estão previstos investimentos de R$ 4.410.355,63 milhões de reais para os setores de agroenergia, móveis, leite e confecção.


Investimentos

FINANCEIRO

FINEP R$ 1.750.000,00

FINEP BOLSAS R$ 174.663,63

ESTADO R$ 526.300,00

TOTAL: R$ 2.450.963,63

NÃO FINANCEIRO

ESTADO R$ 316.800,00

IEL R$ 362.800,00

SENAIR R$ 362.800,00

UNITINS R$ 312.992,00

UFT R$ 604.000,00

TOTAL R$ 1.959.392,00

TOTAL GERAL: R$ 4.410.355,63

(Da Secom)

AO VIVO