Menu
Busca quarta, 16 de outubro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
34ºmax
23ºmin

TJ elege a juíza Ângela Maria Ribeiro como nova desembargadora

02 dezembro 2010 - 17h28

Na sessão da tarde desta quinta-feira, 2, o Tribunal de Justiça (TJ) do Tocantins elegeu como nova desembargadora, Ângela Maria Ribeiro, que atualmente era juíza do Fórum de Palmas. A maioria dos atuais desembargadores votaram a favor de Ângela.

No TJ, 12 candidatos concorriam à vaga que inicialmente era disputada por 13 desembargadores, porém, o juiz Luiz Zilmar Pires, após denúncias de seu envolvimento amoroso com uma menor de idade, retirou seu nome da disputa à cadeira.
A data de escolha do novo desembargador do Tribunal de Justiça estava programada para o dia 4 de novembro. No entanto, nesta data, foi concedida uma liminar pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para o adiamento da votação, a pedido da juíza Ângela Maria Ribeiro, que alegou a solicitação de análise de algumas considerações adicionais do seu processo.

No total, atuam no TJ do Estado 12 desembargadores e a vaga que a juíza Ângela Maria ocupará agora, foi deixada em aberto pelo desembargador, José Maria das Neves, já aposentado.


Perfil de Ângela Maria Ribeiro

Ângela Maria Ribeiro Prudente é natural de Goiânia (GO) e tem dois filhos (Arthur e Daniel). É formada em Direito e Administração de Empresas e Administração Pública, pós-graduada em Direito Civil, Processo Civil, Direito Penal e Processo Penal, Direito Constitucional e pós-graduada em Direito Público. Ela tomou posse na magistratura tocantinense em 29/09/1989.

Foi juíza nas comarcas de Miranorte, Araguaína, Augustinópolis, Arraias, Paraíso do Tocantins, sendo removida para Palmas, onde é titular da Vara de Precatórias, Falências e Concordatas desde 17/04/1997.

No período de 19/11/1998 a 02/02/2005, acumulou o cargo de diretora do Foro da Comarca de Palmas; membro da Classe de Magistrados no Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (1999 a 2003). Participou de vários conselhos e comissões, destacando-se o cargo de vice-presidente do Conselho Estadual da Mulher, membro do Conselho Municipal da Mulher, membro do Conselho da Associação de Mulheres de Carreiras Jurídicas, membro do Conselho Estadual da Adoção Internacional (CEJAI).

Na vida associativa, foi secretária, tesoureira, diretora social e, por duas vezes, presidente da Associação dos Magistrados do Tocantins (Asmeto). Atualmente é membro do Conselho Fiscal da Associação de Magistrados Brasileiros (AMB) e Diretora do Fórum de Palmas.

Ao Vivo