Menu
Busca terça, 25 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
22ºmin
TELEFONIA

Governo busca diminuir gasto de R$ 14 mil por dia

05 setembro 2011 - 09h43

Com média diária de R$ 14 mil, apenas contabilizando os serviços usados de janeiro a agosto o governo do Estado já pagou mais de R$ 3,3 milhões em tarifas de telefone, comunicação e internet para quatro empresas diferentes. O levantamento do Jornal do Tocantins foi baseado em dados extraídos do Portal da Transparência, a exceção do mês de julho, que teve suas informações repassadas pela Secretaria Estadual de Planejamento e Modernização da Gestão (Seplam). Na média mensal, o governo gasta R$ 422,7 mil por mês em telefonia e outros serviços de comunicação. Para diminuir esses gastos, o governo pretende, daqui a três meses, contratar um novo plano para todas as secretarias e autarquias.

Segundo a subsecretária de Planejamento, Vanda Paiva, a meta é poder diminuir as despesas com telefonia e comunicação em até 60%, o que derrubaria o gasto diário para menos de R$ 7 mil.

Segundo Vanda Paiva, o governo, neste ano, reduziu os gastos com telefonia, comunicação e internet em cerca de 50% na comparação do ano passado. "Entre as medidas para reduzir os gastos, a gente tirou celulares de alguns funcionários", ponderou.

O JTo não pode fazer essa constatação, pois os dados do Portal da Transparência de 2010 não estão consolidados.

Prestadoras
Hoje o governo trabalha com quatro empresas diferentes de telefonia e comunicação - Vivo, Brasil Telecom (Oi), Lig-Mobile (empresa especializada em comunicação via rádio) e Siemens (empresa especializada na instalação de sistemas telefônicos). Das quatro firmas, por enquanto a Oi é que mais recebe do governo por telefonia e serviços.
No acumulado do ano, de janeiro a agosto, a empresa já recebeu a quantia de R$ 2,63 milhões. Nesse montante, estão incluídos os pagamentos de tarifas de telefone fixo, celular e internet.
Vivo
Por sua vez, a empresa de telefonia móvel Vivo já recebeu, neste ano, um total de R$ 382,5 mil de janeiro a agosto.

Lig
Já o contrato com a Lig-Mobile é bem menor. Até agora, a empresa de rádio recebeu a quantia de R$ 21,7 mil.

Siemens
Por serviços prestados este ano, a Siemens tem a segunda maior quantia entre as empresas de telefonia que atendem a administração comandada pelo governador Siqueira Campos (PSDB) - R$ 341,2 mil. A Siemens, além de fazer auditoria de verificação e operar de maneira semelhante aos sistemas usados pelo Skype e Voip, é responsável por todos os telefones do governo estadual com prefixo inicial 3212, como os números do Gabinete do Governador e da Secretaria Estadual de Comunicação (Secom).

No entanto, de acordo com as discrições de notas fiscais disponíveis no Portal da Transparência e com informações da própria subsecretária Vanda Paiva, o governo devia à Siemens mais de R$ 7,39 milhões à empresa, montante está sendo pago de maneira parcelada. Segundo Vanda, quando Siqueira assumiu a Siemens cobrou por aparelhos telefônicos com sistema de comunicação entregues ao Estado em 2009, além dos valores mensais do plano.
"Nós conseguimos um desconto de R$ 950 mil e dividimos o restante em parcelas de R$ 859 mil", explicou a subsecretária.

Projeto
Vanda Paiva ressaltou que a ideia é liquidar a dívida com a Siemens e fazer uma nova licitação para serviços de telefonia e comunicação. Os equipamentos comprados da Siemens serão aproveitados. Com esse sistema, o governo não pagará mais para se comunicar entre as secretarias e barateará as ligações para o interior do Estado. (Jornal do Tocantins)

AO VIVO