Menu
Busca quarta, 26 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
28ºmax
22ºmin
TOCANTINS

Assembléia do Sintras nesta quarta

12 setembro 2011 - 10h21

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado do Tocantins (Sintras), o enfermeiro Manoel Pereira de Miranda, se manifestou sobre as progressões. Segundo ele, está sendo negociado com o governo o anseio da categoria, que é o reajuste os 25% na referência, ou seja, seria cancelado o reposicionamento nas tabelas.

Com isso os servidores que chegaram ao final da tabela teriam como garantido a sua progressão vertical e os novos concursados teriam também o reajuste de 25%, resolvendo de vez esta pendência do governo anterior para com a categoria.

Miranda explicou que o adicional noturno, assim como o PCCV foi feito em um nível e referência, porém PCCV teve dois níveis para pagamento do adicional noturno com o reposicionamento e as progressões. Muitos servidores estão trabalhando a noite e não estão recebendo e o pior é que esta dívida do estado já tem mais de um ano. O Sintras já fez várias negociações presenciais e também já tem ofícios protocolados e só agora houve esta abertura para um possível pagamento

Progressões
O presidente do Sintras disse ainda que tem muito servidor com progressões atrasadas e para o sindicato estas pendências tem que ser resolvidas, pois pelo que se sabe o problema não é falta de dinheiro. “Por isto entendemos que o governo Siqueira precisa honrar o compromisso como servidor e resolver de vez esta pendência”, disse o presidente.

Assembléia
Miranda informou que o Sintras fará no dia 14 de setembro, as 18h30 em Palmas, uma assembléia para resolver as demandas definitivamente. Nesta assembléia será deliberado com a categoria as condições para a diretoria possa firmar acordos, visando dar um fim nestas demandas existentes, ou seja, resolver de uma vez por todas estas pautas atrasadas.

Data base
Ainda há o reajuste da data base para se implementando em 1º de outubro de 2011. Nesta data será feita a correção da inflação do período. “Não vamos abrir mão dos nossos direitos”, complementou o presidente do Sintras. “O direito do servidor é sagrado e o Sintras como defensor dos direitos sempre estará na defesa dos seus representados e filiados”.

Confira convocação abaixo
Palmas, 05 de agosto de 2011.
CONVOCAÇÃO

O Presidente do Sindicato, no uso de suas atribuições estatutárias, convoca os membros da categoria profissional representada e filiados, especificamente os servidores do setor saúde do Estado do Tocantins, para uma Assembléia Geral Extraordinária a ser realizada no dia 14 de setembro de 2011, às 18:30 horas, na sede central do SINTRAS-TO, à 405 Norte, Al. 8, Lt. 1, Conj. HM3, cidade de Palmas-TO, para tratar dos seguintes assuntos:

1) Data Base – 1º de outubro de 2011, conforme Lei nº 1.850, de 29 de novembro de 2007. Na oportunidade estaremos apresentando o índice de reajuste da data base 2011, para ser deliberado na Assembléia;

2) Adicional Noturno – Extinção dos níveis e referências do PCCV (Lei 1588/2005), que trata do adicional noturno e regulamentação como está previsto na Lei 1818/2007 e negociar com o governo o pagamento do retroativo;

3) Progressão Vertical – Servidores que chegaram no final de níveis e referências; fazer cumprir o acordo assinado pelos sindicatos da saúde, que garante o reajuste dos 25% aos servidores. O governo fez o reajuste através de reposicionamento nas tabelas, colocando um grande número de servidores no final das tabelas do PCCV. O que queremos é o reajuste de 25% na referência, com isso abre progressão vertical para muitos servidores e também reajusta os vencimentos em 25% para os novos concursados;


4) Portaria SESAU nº 459/2011 – Que Cria gratificação de interiorização para os companheiros médicos e Portaria SESAU nº 460/2011- Que cria as gratificações de Urgência e Emergência e Terapia Intensiva. Vamos deliberar os assuntos pendentes destas duas portarias relacionadas as gratificações à equipe multidisciplinar da saúde;

5) Atuação dos servidores estaduais em gestão terceirizada – Iremos deliberar, como vamos atuar frente a nossa legislação vigente em defesa dos nossos representados e filiados;

6) Insalubridade – Vamos discutir com a categoria a insalubridade para todos os servidores, frente as diferenças existentes no nosso PCCV com índice, percentual e salário base ou menor salário do PCCV;

Estes são os assuntos que serão discutidos e deliberados na referida assembléia.

A sua participação ajuda o SINTRAS-TO a defender os seus direitos.

Manoel Pereira de Miranda
Presidente – SINTRAS-TO (Da assessoria)

AO VIVO