Menu
Busca sábado, 21 de setembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
38ºmax
23ºmin
TOCANTINS

Inmetro fiscaliza extintores de incêndio em empresas especializadas no equipamento

19 junho 2019 - 15h26

Em conformidade com as normativas do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), a Agência de Metrologia, Avaliação da Conformidade, Inovação e Tecnologia do Estado do Tocantins (AEM-TO), realizou a Inspeção Anual para verificar a manutenção de extintores de incêndio nas empresas autorizadas e credenciadas para a comercialização do equipamento e da recarga.

A ação aconteceu nos dias 17 e 18 de junho, nas cidades de Araguaína e Colinas do Tocantins e foi realizada pela equipe técnica da área de Qualidade da AEM, atendendo aos regulamentos da Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade (RBMLQ-I), no que se refere aos procedimentos dos testes laboratoriais metrológicos.

De acordo com o presidente da AEM, Rérison Antonio Castro Leite “a inspeção tem por objetivo verificar a qualidade dos produtos e observar a legalidade do uso do Selo Inmetro e constatar, por meio de avaliação técnica, a conformidade dos produtos”.

Dicas para o Consumidor

A equipe técnica da AEM orienta que aos consumidores para que fiquem atentos se as empresas estão credenciadas pelo Inmetro e procurem sempre assegurar seus direitos por meio da emissão da Nota Fiscal. Além disso, são cuidados especiais observar itens de segurança, como a presença do anel de manutenção, garantia, mês e ano da próxima inspeção, além do prazo de validade do produto.

Vale ressaltar que o prazo de garantia do produto é contado a partir da data de aquisição e não da data de fabricação. A Metrologia Estadual reforça que o consumidor não compre extintor com o lacre rompido. Ele é a garantia de que estão preservadas as condições regulamentadas para sua utilização.

Todos os extintores de incêndio devem ostentar o selo de identificação da conformidade do Inmetro.

"Ao adquirir o produto, o consumidor deve observar de maneira especial quatro itens de segurança: lacre, selo, etiqueta e quadro de instruções. E, é de suma importância verificar o estado geral do produto, que não deve apresentar marcas de ferrugem e nem estar amassado. Além disso, é preciso atestar se a empresa tem registro no Inmetro", informa Rérison.

Inspeção Técnica

O extintor de incêndio deve passar por exames periódicos, realizados por empresa registrada junto ao Inmetro. Esse procedimento não requer a desmontagem do extintor, podendo ser realizada no local. A finalidade é verificar se o mesmo permanece em condições de operação, no que diz respeito aos seus aspectos externos, servindo também para definir o nível de manutenção a ser executado, caso necessário. 

Ao Vivo