Menu
Busca sábado, 21 de setembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
38ºmax
23ºmin
POLÊMICA

Sindepol cobra retratação sobre falhas na divulgação de produtividade de delegados e Governo admite erro

19 junho 2019 - 18h02

O Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Tocantins ( SINDEPOL) encaminhou nota de repúdio a imprensa manifestando indignação em relação Relatório de Atividades Funcionais dos Delegados de Polícia publicado no diário oficial de 18 de junho de 2019 pela Secretaria da Segurança Pública.

O relatório trouxe a relação nominal dos delegados de Polícia Civil do Tocantins, seguido de números que seriam o correspondente à produção funcional de cada um no 1º trimestre de 2019. Contudo, o sindicato ressaltou em nota que os números publicados estariam "absurdamente errados, não condizendo com a realidade do trabalho desempenhado pelos delegados em prol da sociedade".

Conforme a nota, praticamente a totalidade dos números publicados não condiz com a realidade e destacou que o documento chegou "ao absurdo de se atribuir produtividade 0 (zero) a inúmeros delegados" e acrescentou: "O Sindepol não pode admitir a exposição negativa da classe baseada em números não condizentes com a realidade".

Segundo o Sindicato, há ainda impropriedades na publicação como o fato de constar que “a planilha não contempla aquelas Autoridades Policiais que se encontrem em cargos de direção, chefia ou à disposição de Sindicado ou Associação, entretanto na publicação consta o nome de Delegados licenciados para o exercício de mandato classista com produtividade 0 (zero) e deixa de fora apenas os que se encontram em cargos de direção".

O Sindicato continua dizendo observando que a publicação não demonstra de forma cristalina o trabalho desempenhado pelos delegados de polícia: "em vez de transparência estamos diante de um relatório que distorce a realidade."

O Sindepol garantiu ainda que tomará todas as providências cabíveis para cobrar a correção e devida retratação por parte do governo e finalizou afirmando: "A sociedade tocantinense vê diariamente nas ruas e nos meios de comunicação a eficácia do trabalho da Polícia Civil do Tocantins no combate à criminalidade em todas as esferas e sabe que os delegados atravessam hoje sua fase de maior produtividade no Estado".

Governo do Estado

Em nota encaminhada à imprensa , o Governo do Estado reconheceu a falha no relatório através da Secretária de Estado da Segurança Pública (SSP) respondeu e garantiu que tornará a publicação sem efeito devido ao que considerou como "algumas inconsistências nos dados".

A SSP continua relatando em nota que a divergência foi comprovada em Nota técnica elaborada pela Diretoria de Inteligência e Estratérgia da instituição que é responsável pelo levantamento dos dados e destacou que foi determinada a averiguação dos motivos determinantes para o fato e eventual apuração de responsabilidade.



 

Ao Vivo