Menu
Busca sexta, 20 de setembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
36ºmax
23ºmin
PRIMEIRO SEMESTRE

Governo reduz despesas de custeio em mais de R$ 125 milhões

02 agosto 2019 - 09h53

Dados da Secretaria de Estado da Fazenda e do Planejamento (Sefaz) mostram uma economia de R$ 125,4 milhões com despesas de custeio da máquina pública nos seis primeiros meses de 2019 (janeiro a junho), em comparação ao mesmo período do ano passado. O que representa uma redução de 17,2% desses gastos no Governo do Tocantins.

Os números levantados pela Sefaz contabilizam os elementos de despesas com diárias civis e militares; material de consumo; passagens; serviços de terceiros (pessoa física); locação de mão de obra; serviço de terceiros (pessoa jurídica); despesa exercício anterior; e demais despesas. Os valores que, em 2018, somavam R$ 729.058.228, reduziram para R$ 603.579.766.

Com o pagamento de diárias civis e militares a redução foi de 50,8%, passando de R$ 6.842.723, em 2018, para R$ 3.366.127, em 2019. Com material de consumo diminuiu 38,5%, passando de R$ 76.491.366, em 2018, para R$ 47.005.929, neste ano.

Os gastos com passagens tiveram queda de 53,6%, passando de R$ 25.418.452, no ano passado, para R$ 11.793.072, em 2019. Serviços de Pessoa Física reduziram 32,7%, passando de R$ 3.719.611 (2018) para R$ 2.502.147 (2019) e Serviços de Pessoa Jurídica tiveram queda de 27%, de R$ 219.425.373, no ano passado, para R$ 160.247.164, neste ano.

Também houve redução de 28,7% com locação de mão de obra, passando de R$ 1.396.067 (2018) para R$ 994.853 (2019). Despesas de Exercício Anterior caíram 8,5%, de R$ 230.127.746, em 2018, para R$ 210.572.123, neste ano e, Demais Despesas tiveram pequeno aumento de 0,9%, passando de R$ 165.636.889 (2018) para R$ 167.098.352, em 2019.

Mais Reduções

O Governo do Tocantins também conseguiu redução de gastos com combustíveis, gêneros alimentícios, locação de imóveis, locação de veículos, energia elétrica, água, telefonia fixa e móvel nos seis primeiros meses de 2019, em comparação ao mesmo período de 2018.

Gastos com combustíveis caíram 48,9%, eram R$ 12.644.547, em 2018, e, passaram para R$ 6.459.886, em 2019. Com gêneros alimentícios, a redução foi de 64%, indo de R$ 7.794.704, (2018) para R$ 2.806.107, (2019).

Já com locação de imóveis, eram gastos nos seis primeiros meses de 2018 R$ 6.185.667, e neste ano foram R$ 3.130.407, uma redução de 49,4%. Com locação de veículos, a queda foi de 74%, indo de R$ 8.522.834, (2018) para R$ 2.218.050, (2019).

Gastos com telefonia fixa e móvel tiveram redução de 29,4%, de R$ 2.631.786, no ano passado para R$ 1.858.226, neste ano. A redução com gastos de água foi de 2,5%, passando de R$ 4.543.911, (2018) para R$ 4.429.480, (2019). Com energia elétrica, o Governo economizou 3,5%, indo R$ 13.680.032, em 2018, para R$ 13.197.426, em 2019.

Reforma Administrativa e Saneamento das Contas Públicas

Desde que assumiu o Governo do Tocantins, o Governador do Estado, Mauro Carlesse, vem colocando em prática medidas que visam ajustar as contas públicas e promover o desenvolvimento. Para isso, em janeiro deste ano, logo após tomar posse no Executivo Estadual, o gestor anunciou uma ampla reforma administrativa, reduzindo o número de servidores e secretarias, além de um plano para conter despesas de custeio.

A intenção do Governo com os ajustes é deixar o Estado menos pesado para o cidadão, evitando assim que seja necessário tomar medidas mais graves com o aumento ou criação de novos impostos. As medidas também visam ajudar no equilíbrio da máquina pública, já que o Brasil atravessa uma grande crise econômica que tem afetado o país tanto em âmbito nacional quanto local.

“Queremos desenvolver o Tocantins, transformar essa terra em um pólo de industrialização e de geração de emprego e renda para nossa população. Porém, só iremos conseguir alcançar nossas metas se tivermos foco, se tivermos um Estado que possa ser um braço de auxílio e não de empecilho para o cidadão e também para os investidores”, destacou o Governador Mauro Carlesse.

Ao Vivo