Menu
Busca domingo, 15 de setembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
37ºmax
23ºmin
ACIDENTE AÉREO

Morre piloto que foi preso no Tocantins com 300 kg de cocaína

13 agosto 2019 - 10h46

Três pessoas morreram em um acidente aéreo em Itaituba, sudeste do Pará. Entre as vítimas está o piloto, Murillo Ribeiro de Souza Costa, preso no Tocantins em julho de 2018 com quase 300 quilos de cocaína em um avião.

Murillo Costa era natural de Formoso do Araguaia, onde foi apreendido com drogas em uma pista na zona rural. Eduardo Teles Menezes e Reinaldo Lopes da Fonseca são as outras vítimas identificadas.

De acordo com a Polícia Federal, tudo indica que a cocaína veio da fronteira da Bolívia com o Mato Grosso. O caso foi lembrado como principais elementos que levaram a Operação Flak, em fevereiro deste ano.

A ação foi para desmanchar um grupo que utilizava aviões adulterados no transporte de cocaína.

As causas do acidente ainda são desconhecidas. A aeronave de prefixo PTNKK teria partido da cabeceira do rio Piranhas com destino ao distrito de Moraes de Almeida.

 

Ao Vivo