Palmas
28º
Araguaína
26º
Gurupi
24º
Porto Nacional
28º
DEMANDA

Ampliação de UTIs e regularização de exames foram pautas de reunião do Conselho Estadual de Saúde

06 julho 2022 - 15h50Por Ascom

A ampliação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) convencional no Tocantins, a realização dos exames de triagem neonatal (teste do pezinho) e a pactuação das metas para o ano de 2022 dos indicadores da Saúde. Estes foram os temas debatidos na 282ª reunião do Conselho Estadual de Saúde (CES-TO). O evento ocorreu na quarta-feira, 06, na sede da Superintendência Estadual do Ministério da Saúde, em Palmas. 

A superintendente de Unidades Próprias da Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO), Elaine Sanches, apresentou esclarecimentos sobre a ampliação dos leitos de UTI convencionais adultas, neonatais e pediátricas no Estado do Tocantins. “O processo licitatório para contratação da empresa responsável pela a oferta dos serviços de UTI foi realizado, obedecendo à legislação vigente, com economia de 39%, cerca de R$77 milhões, no custo estimado dos serviços, para os cofres públicos. A empresa vencedora do certame já deu início ao processo de ampliação dos leitos. Inicialmente serão  10 leitos de uti pediátricas e 30 leitos de UTI adulto convencional no Hospital Geral de Palmas (HGP), 10 leitos de UTI adulto em Augustinópolis, 10 leitos em Porto Nacional e outros 10 em Paraíso do Tocantins”, pontuou.

Já a gerente da área técnica da pessoa com deficiência da SES-TO, Débora Cirqueira, explicou na reunião do Conselho que a Associação de Pais Amigos dos Excepcional de Araguaína (APAE), único laboratório habilitado pelo Ministério da Saúde a realizar os exames do teste do pezinho no Tocantins, já iniciou a análise das amostras. “Todos os municípios já foram orientados a encaminhar as amostras que estavam armazenadas, e o laboratório já iniciou as análises. Dentro o plano de ação organizado pela SES-TO, as crianças que não tiveram seus exames  analisados por impossibilidade das amostras, Essas crianças serão acompanhadas na Atenção Primária/ Unidades Básicas de Saúde (UBS), onde o médico irá solicitar exames de rastreio tardio, e após apresentar alterações elas serão encaminhadas, via sistema de regulação, para o Ambulatório Infantil de Triagem Neonatal instalado no Hospital Geral de Palmas (HGP)”, disse.

O presidente do Conselho Estadual de Saúde (CES/TO), Mário Benício destacou o papel fiscalizador do Conselho, ao solicitar os esclarecimentos à Gestão Estadual sobre os serviços prestados na saúde pública. “O papel do Conselho é acompanhar todas as ações de saúde. Recebemos diversas demandas da população, nosso telefone não para e iremos averiguar toda reclamação e acompanhar as soluções apresentadas. Agradecemos a disponibilidade dos técnicos da Secretaria em trazer os esclarecimentos, que sempre nos atualizam das ações que beneficiarão a população”. 

Outro ponto de pauta da reunião foi a apresentação e aprovação da proposta de pactuação das metas para o ano de 2022 dos indicadores de pactuação interfederativa conforme resolução da CIT nº 08 de 2016 e Resolução CIT nº 45 de 2019.