Menu
Busca sábado, 19 de outubro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
35ºmax
23ºmin

Escolas terão papel fundamental na campanha “Papai Noel dos Correios”

10 novembro 2010 - 08h42

Todos os anos, centenas de cartas chegam às agências dos Correios. São crianças a espera de um padrinho e de um presente para alegrar o Natal. Mas é importante que as escolas públicas estejam atentas: nesta edição da Campanha “Papai Noel dos Correios” elas serão responsáveis pelo acompanhamento da elaboração das cartinhas e também pelo envio.

Só podem participar as cartas de crianças que estiverem matriculadas em instituições de ensino, abrigos e creches da rede pública estadual e municipais. Para poder participar, o aluno deve ter até 10 anos de idade ou estar cursando até o 5º ano (antiga 4ª série) do Ensino Fundamental. Não há limite de idade para os alunos portadores de deficiência. Vale lembrar que serão aceitos apenas os pedidos enviados diretamente pelas escolas.

Os envelopes deverão ser entregues em qualquer agência dos Correios, entre os dias 13 de novembro e 10 de dezembro. Cabe às escolas coletar as cartas dos alunos e encaminhá-las em uma remessa única. Não é necessário usar selos.

Cada carta deverá conter, no remetente, o nome do aluno, sua idade, sexo, nome da instituição de ensino e a turma em que estiver matriculado. A entrega dos presentes será feita pelos Correios nas casas das crianças contempladas, por esta razão, os endereços deverão estar legíveis nos envelopes. Somente em último caso os presentes serão entregues nas escolas.


A campanha

Há mais de duas décadas, foi iniciada a campanha natalina, o “Papai Noel dos Correios”, cujo principal objetivo é levar o encantamento do Natal a milhares de crianças. A mudança na edição deste ano foi aprovada depois de testes que obtiveram resultados muito positivos nos estados de Minas Gerais e Santa Catarina.

A Campanha também é avaliada anualmente e como resultado de uma política contínua de melhorias, neste ano decidiu-se ainda por vinculá-la também aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio – Educação Básica de Qualidade Para Todos. Isso porque a ação contribui para o desenvolvimento da habilidade da escrita e para o aprendizado sobre o correto endereçamento da carta, da importância do Código de Endereçamento Postal (CEP) e do selo. (Com informações da Ascom/Correios)

 

AO VIVO