Menu
Busca sexta, 27 de novembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
31ºmax
21ºmin
SINCERIDADE

Ministro de Dilma diz que votou em José Serra em 2010

27 julho 2011 - 11h27

Nelson Jobim, ministro da Defesa, afirmou em entrevista que votou em José Serra na disputa presidencial do ano passado. Na avaliação dele, se o tucano tivesse derrotado Dilma Rousseff, o governo "seria a mesma coisa" no manejo das recentes crises políticas, como a do combate à corrupção no Ministério dos Transportes. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Segundo Jobim, Dilma sempre soube de sua escolha eleitoral. Questionado se o tema azedou sua relação com a presidente, Jobim disse que não, pois não esconde. "Eu não costumo fazer dissimulações, então não tenho dificuldades". O assunto foi esquecido nas conversas entre o ministro e a presidente depois das da eleição. "Não se toca no assunto".

Segundo o jornal, Nelson Jobim é citado em "rodas políticas" como um ministro que deixará o governo antes do final do mandato em 2014. No entanto, Jobim afirma que sua decisão em votar em Serra no ano passado não "azedou" o relacionamento com a presidente, especialmente por ele não ter escondido sua postura política na campanha eleitoral.

Jobim foi ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) entre os governos FHC e Lula. Tornou-se ministro da Defesa em 2007, ocupando a vaga do desgastado ex-ministro Waldir Pires. Nelson Jobim assumiu durante a crise a aérea no setor da aviação, após a queda de um Boeing 737-800 da Gol que sumiu dos radares.

Por seu desempenho, o ministro da Defesa foi mantido no governo Dilma por influência do ex-presidente Lula.

Jobim se envolveu em um recente escândalo nas comemorações de 80 anos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Ministro teria afirmado que "os idiotas perderam a modéstia". (Com informações do Terra e do Exame.com)

AO VIVO