Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
21ºmin
MAIS SEGURANÇA!

Governo investe em fiscalização eletrônica para monitorar rodovias estaduais

24 abril 2020 - 19h59

O Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), irá investir no monitoramento das vias com a instalação de equipamentos de fiscalização eletrônica de velocidade em pontos estratégicos de diferentes rodovias do Estado, incluindo o perímetro urbano de Palmas e Araguaína. De acordo com o Estado, o objetivo é garantir a segurança viária nas rodovias estaduais a condutores e pedestres, além de reforçar os serviços de Segurança Pública e evitar evasão de divisas, 

O edital da licitação, na modalidade pregão eletrônico, deve ser publicado no Diário Oficial do Estado nos próximos dias. O certame vai contratar empresa especializada para instalação, manutenção preventiva e corretiva e fornecimento de peças de equipamentos de fiscalização eletrônica.

Serão beneficiadas 17 rodovias estaduais que receberão radares do tipo Redutor Eletrônico de Velocidade (REV), Controladores Eletrônicos de Velocidade com câmera de monitoramento (CEV) e balanças. Além disso, a licitação também prevê a aquisição de equipamentos móveis de fiscalização.

De acordo com a diretora de Engenharia de Tráfego e Segurança Viária, Lúcia Leiko, as rodovias beneficiadas foram determinados após um levantamento dos locais com alto risco de acidentes. Dentre as vias escolhidas estão: na região central do Tocantins, os trechos estão na TO-010, que liga Palmas a Lajeado; na TO-050, entre Palmas e Porto Nacional; na TO-255, entre Porto Nacional a Fátima; na TO-030, que liga Palmas ao Distrito de Taquaruçu; na TO-020, entre Palmas a Aparecida do Rio Negro, e na TO-080, na Ponte Fernando Henrique Cardoso entre Palmas e o Distrito de Luzimangues. Na região sul, no trecho da TO-387, no ponto conhecido como Apertado da Hora ou Curva da Morte, em Palmeirópolis. E, na região norte, na TO-222, em Araguaína.

Também serão beneficiadas outras rodovias, com alta trafegabilidade, na região do Bico do Papagaio e na região sudeste do Estado. “A partir dos estudos, exigidos pelo Contran [ Conselho Nacional de Trânsito], definimos os pontos, com alto índice de acidentes”, destaca diretora.

A secretária de Estado da Infraestrutura, Cidades e Habitação, Juliana Passarin, explica que a medida visa, especialmente, garantir a segurança no trânsito. “Estudos comprovam que o uso desse tipo de equipamento é um componente importante para a redução de acidentes, junto com outras medidas, que já vêm sendo tomadas pelo Governo, como ações de educação para o trânsito e melhorias na sinalização das rodovias estaduais”, ressalta.

Conforme explica a gestora, os pontos foram escolhidos após a realização da análise e classificação dos 5,8 mil km de rodovias estaduais pavimentadas no Estado, por meio da metodologia International Road Safety Assessmet (iRAP). “As informações desse estudo subsidiaram um projeto de modernização da sinalização do Estado com a finalidade de diminuir os índices de acidentes de trânsito nas rodovias estaduais”, pontua a secretária.

O investimento no Tocantins vai ao encontro com as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), que considera o combate à velocidade excessiva como medida fundamental na busca por cidades seguras, saudáveis e sustentáveis. “As medidas recomendadas pela OMS incluem estabelecer limites de velocidade adequados à função de cada via; aplicar limites de velocidade por meio da utilização de controles manuais e automatizados; e conscientizar sobre os perigos da velocidade. O Governo tem atuado constantemente no processo educativo, também realizou revitalização da sinalização rodoviária de 18 trechos e agora fortalece esse sistema com a instalação da fiscalização eletrônica”, finaliza Juliana Passarin.

AO VIVO