Menu
Busca quinta, 22 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
23ºmin
EM ARAGUAÍNA

Grávida de gêmeas, psicóloga morre vítima da Covid; bebês também não resistiram

28 agosto 2020 - 09h49Por Redação

Uma jovem grávida morreu nesta madrugada vítima de complicações em decorrência da Covid-19 em Araguaína no Norte do Estado. 

Julliane Ferreira Aguiar tinha 29 anos e estava grávida de 6 meses de gêmeas. Segundo informações repassadas por amigos, ela era servidora pública da prefeitura de Araguaína e atuava como Psicóloga Organizacional na Secretaria de Administração do município, onde atuava na seleção de profissionais.

Conforme apurado por nossa reportagem, Julliane foi internada no último domingo (23), no Hospital e Maternidade Dom Orione (HMDO) e testou positivo para o novo Coronavírus. Na terça-feira (25), uma das bebês não resistiu e morreu ainda dentro da barriga da mãe. O quadro de saúde da psicóloga estava grave e a equipe médica decidiu antecipar o parto para retirar o outro bebê que faleceu ontem (27), logo após a cirurgia.

Julliane estava grávida de 6 meses. (Foto: Arquivo Pessoal)

Parentes da psicóloga disseram que mesmo internada ela estava se comunicando via áudio com os familiares. Mas passou muito mal na quinta-feira à noite e acabou falecendo nesta madrugada em uma UTI do Dom Orione. Ela sofreu duas paradas cardíacas e teve os rins e pulmões comprometidos pelo Coronavírus. 

Os corpos de Julliane e das filhas foram levados esta manhã para Arapoema, onde foram sepultados por volta das 13h. 

A jovem era conhecida e muito querida na terra natal onde hoje foi realizada uma carreata para prestar as últimas homenagens à ela.

Nota de Pesar

Em nota, a prefeitura de Araguaína lamentou o falecimento da profissional. "Nossos sentimentos a todos os familiares e amigos. Que Deus possa confortar e dar forças para enfrentar este momento de dor", disse o prefeito Ronaldo Dimas. 

AO VIVO