Menu
Busca quinta, 12 de dezembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
33ºmax
23ºmin
61 ANOS!

Historiadores lançam livro que retrata transformação de Araguaína

22 novembro 2019 - 15h54

Araguaína ganha mais um presente, em meio às comemorações pelos seus 61 anos, a história do Município contada em 15 capítulos e organizada em um livro lançado na manhã desta sexta-feira, 22, durante a Semana Acadêmica de História da Universidade Federal do Tocantins (UFT), de Araguaína.

O livro “A transformação histórica de Araguaína” foi organizado pelos historiadores, Rayllin Barros da Silva, professor da rede estadual de ensino, e Cleube Alves da Silva, professor do curso de história da UFT. A obra tem como finalidade contribuir como fonte de conhecimento e pesquisa sobre o processo de desenvolvimento histórico da cidade.

“Decidi entrar em contato com vários pesquisadores, em parceria com o Cleube, para unir em um material completo a história, desde a primeira família que chegou aqui, até o desenvolvimento atual da cidade, com o surgimento de pontos turísticos como a Via Lago e Parque Cimba, mostrando que a cidade não para de crescer e alcançar um progresso bonito de ver”, destacou Rayllin.

História em linhas

O livro apresenta 15 temas de estudo da trajetória histórica de Araguaína, que vão desde a economia, politica, a parte cultural e social da cidade, com foco nos principais personagens que construíram o Município.

“Araguaína foi edificada por pessoas comuns, que nasceram aqui ou vieram de outros lugares e ajudaram a fazer a cidade como ela é hoje. Evidentemente que um livro não consegue abarcar tudo da nossa rica história, mas já servirá de base para compreendermos muito”, disse o professor.

Cidade em crescimento  

De acordo com o historiador, o livro apresenta o processo de surgimento e crescimento da cidade. O início foi no final do século 19 e ganhou força, sobretudo, com a migração de novas pessoas de outras regiões no século 20. O destaque é para o salto de desenvolvimento que o Município apresentou nos últimos anos.

“Vamos perceber que o grande marco do surgimento de Araguaína ocorreu por volta dos anos de 1960, com a construção da BR – 153, existe um antes e depois dessa fase. Só que é preciso destacar que a cidade que antes dependia de outras, hoje, é polo de todas as outras que circundam ela, com avanços notáveis de crescimento”, conclui Rayllin.

O livro estará disponível nas principais bibliotecas de Araguaína.

AO VIVO