Menu
Busca quinta, 01 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
37ºmax
22ºmin
CRIME BRUTAL

Universitária morre após aceitar ajuda para trocar pneu; caso serve como alerta

29 setembro 2019 - 20h06Por Com informações do Estadão

Uma universitária de 19 anos foi encontrada morta no último dia 25, depois de aceitar a ajuda oferecida por um estranho para trocar um pneu furado, em Bariri, no interior do estado de São Paulo. Mariana Forti Bazza havia saído de uma academia de ginástica e encontrou seu carro com um pneu vazio na manhã do dia anterior. O homem a abordou e se ofereceu para fazer a troca, pedindo a ela que levasse o carro até uma chácara, do outro lado da avenida. 

Uma câmera de segurança instalada na fachada do prédio registrou a abordagem. As imagens mostram que, uma hora depois, o veículo saiu da chácara, mas não é possível identificar o condutor. O carro foi encontrado vazio em uma cidade vizinha. O corpo da estudante foi achado pela polícia em um canavial próximo à cidade. Ela estava amarrada e amordaçada.

Sem ter notícias da jovem, que deixou de atender o celular, a família recorreu à polícia. A PM iniciou buscas na região, usando cães farejadores e um helicóptero. Amigos de Mariana se mobilizaram pelas redes sociais. O namorado dela, Jefferson Viana, contou que a moça havia ligado para falar do pneu furado e enviado uma foto do rapaz trocando o pneu.

O delegado da Polícia Civil Durval Izar Neto pediu as imagens da câmera e identificou o criminoso. Rodrigo Pereira Alves foi encontrado escondido no telhado de uma casa, em Itápolis, cidade da região. Ele estava trabalhando há cerca de 15 dias na chácara onde a estudante entrou com o carro. 

Ouvido durante a madrugada do dia (25), ele negou envolvimento no sumiço da jovem inicialmente, mas confirmou a autoria do crime posteriormente. Neto afirmou que o homem tem passagens por sequestro, estupro e tentativa de latrocínio, tendo saído da prisão há um mês. O delegado pediu a prisão temporária do rapaz para a sequência das investigações.

Rodrigo Pereira foi preso após ser identificado por câmeras de segurança e através da foto feita pela estudante.

 

AO VIVO