Menu
Busca domingo, 20 de setembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
37ºmax
20ºmin
NEGÓCIO INUSITADO

Desempregadas, amigas decidem empreender e se tornam catadoras de piolhos

28 agosto 2019 - 14h16Por Com informações do G1 Tocantins

Após não conseguirem emprego em Palmas, duas mães resolveram abrir o próprio negócio e agora elas catam piolhos em crianças. 

As duas mães são as amigas, Keila Maria Borges (33 anos) e Rosângela Guerreiro (50 anos). O serviço de catar piolhos é realizado na casa de uma das amigas. 

Keila já foi empresária, ela era dona de uma distribuidora de bebidas em Gurupi. Depois que mudou para Palmas não conseguiu mais emprego. Ela é mãe de três filhos e a ideia do negócio de catar piolhos veio dela. 

A amiga Rosângela  trabalhava em uma construção, depois que a obra foi finalizada ela ficou sem emprego. 

As duas produziram folhetos com anúncio e fixaram em paredes de prédios e entregaram nas portas de escolas infantis de Palmas. 

Elas garantem que não utilizam nenhum tipo de remédio devido algumas crianças terem alergia, por isso o trabalho é feito manualmente. 

O valor cobrado é R$ 50 reais por pessoa e para contratar o serviço, os pais devem entrar em contato, marcar um horário e levar o filho até a casa delas. 

AO VIVO