Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
23ºmin
BENEFÍCIO SOCIAL

Ministro fala sobre programa que substituirá Bolsa Família: "O maior valor possível"

28 julho 2021 - 15h42Por r7 Notícias

O ministro da Cidadania, João Roma, evitou cravar o valor que será disponibilizado pelo programa social que vai substituir o Bolsa Família após o pagamento da última parcela do auxílio emergencial.

"Pretendemos que o valor seja o maior possível para que o programa seja cada vez mais eficaz para nossa população", afirmou Roma após encontro com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

O ministro afirma que os valores finais do programa que será pago a partir de novembro ainda serão tratados com a área econômica. Há alguns meses, o presidente Jair Bolsonaro afirma que a reformulação do Bolsa Família vai resultar em um pagamento mínimo de R$ 300 aos beneficiários do programa. 

Roma afirma que o projeto vai corresponder a uma reestruturação dos programas sociais do governo. "Vamos pegar todas ferramentas que o Estado disponibiliza para a população vulnerável e utilizá-las para fortalecer os programas de transferência de renda do governo, de forma que isso se torne uma ferramenta para que a população em vulnerabilidade conte com uma teia de proteção e utilize com maior eficácia”, disse Roma.

Guedes afirma que os cálculos apresentados pelo Ministério da Cidadania foram "extremamente responsáveis" e não trarão nenhuma violação de teto de gastos do governo. Nas últimas semanas, ele tem destacado que o programa será financiado pelos "super-ricos" após a aprovação da reforma tributária no Congresso.

 

AO VIVO