Menu
Busca quinta, 16 de julho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
19ºmin
HISTÓRIA COMOVENTE

Morre jovem araguainense que descobriu câncer após dar à luz primeira filha

20 janeiro 2020 - 12h08Por G1 Tocantins

Morreu nesse sábado (18), em Araguaína, Norte do Estado, a assistente administrativo, Layla Fernanda Sousa Alves (20 anos). A jovem lutava contra um câncer de mama e a história dela se tornou conhecida no Tocantins em julho do ano passado quando cerca de 50 amigos e parentes decidiram cortar os cabelos para apoiar Layla durante o tratamento.

A doença foi descoberta logo depois que a jovem tinha dado à luz e ainda estava amamentando. Era a primeira filha dela com o marido. Na época em que o corte coletivo foi feito, ela disse que o amor da família e dos amigos era o que a motivava a se dedicar ao tratamento.

"O amor ajuda muito no meu tratamento, é isso que me fortalece a cada dia mais, ver que eles estão todos os dias do meu lado, me passando essa força", comentou na época a jovem.

Nas redes sociais, vários amigos lamentaram a perda e destacaram a trajetória de luta de Layla.

AO VIVO