Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
21ºmin
ARAGUAÍNA

MPTO cobra informações sobre estoque de respiradores e EPIs no Hospital Regional

24 março 2020 - 12h15

O Ministério Público do Tocantins (MPTO), por meio da 5ª Promotoria de Justiça de Araguaína, encaminhou nesta segunda-feira, 23, ofício ao Diretor Técnico do Hospital Regional de Araguaína (HRA), Sérgio Nogueira de Aguiar, solicitando informações acerca do estoque de Equipamentos de Proteção Individual (IPIs) e de aparelhos respiradores no Hospital Regional de Araguaína.

São considerados Equipamentos de Proteção Individual necessários neste momento o álcool em gel 70%, óculos de proteção, máscara N95, máscara cirúrgica e avental.

Além da quantidade existente, o MPTO quer saber qual a necessidade destes produtos para daqui a 15 dias e 30 dias.

Em outro ofício, também destinado ao Hospital Regional de Araguaína (HRA), questiona-se o manejo dos profissionais de saúde em relação ao tratamento do infectado e à prevenção da contaminação.

O documento faz questionamentos sobre a localização dos EPIs dentro do HRA, o prazo recomendado para o uso das máscaras, se há lixeiras infectantes para descarte dos EPIs nas saídas e se a ala G, recentemente adaptada para isolamento, está devidamente adequada para proporcionar a segurança da equipe médica que atuará junto ao paciente contaminado.

O Diretor tem 24h para responder os questionamentos, considerando a aproximação do pico da doença.

Recomendação às unidades de saúde de Araguaína

Também em Araguaína, a 5ª Promotoria de Justiça expediu Recomendação Administrativa ao Município de Araguaína para que seja observado o cumprimento, por parte de todos os servidores/colaboradores da saúde ou auxiliares de Unidade Básica de Saúde, Unidades de Pronto Atendimento, hospitais públicos e particulares, as normas da Organização Mundial de Saúde sobre Proteção Individual no contexto do Covid-19. O prazo para informar as providências tomadas é de 48h. (Denise Soares)

 

 

AO VIVO