Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
23ºmin
SALA DE LEITURAS

Hospital Geral de Palmas disponibiliza sala de leitura com cerca de 3 mil livros

16 março 2011 - 23h04

O HGP - Hospital Geral de Palmas, por intermédio do seu NEP - Núcleo de Educação Permanente, disponibiliza para pacientes, acompanhantes, profissionais e acadêmicos estagiários de cursos como Enfermagem, Fisioterapia, Medicina, Técnicos em Radiologia, entre outros, uma sala de leitura com um acervo de mais de 2.800 títulos entre periódicos técnicos de abrangência da área da Saúde, e também de diversos gêneros como Filosofia, Religião, Ciências Sociais, Linguagem, Ciências Puras, Tecnologia, Artes, Literatura, Geografia, História, e outros.

A iniciativa de criar o espaço partiu da diretoria do HGP, que teve o apoio de servidores que se empenharam na busca de doações por meio de campanha interna de arrecadação de livros, o que foi fundamental para a concretização do acervo. Outra estratégia utilizada pelos idealizadores do projeto, foi buscar o auxílio de instituições de ensino, como a Instituição Odemburg de Desenvolvimento, Universidade de Brasília, White Martins e Grupo Editorial Record, que juntos doaram mais 1,7 mil livros. A instalação da Sala de Leitura Afonso Félix de Souza contou também com a parceria local do Senac, Editora Ática, UFT- Universidade Federal do Tocantins e Colégio Supremo.

De acordo com a coordenadora do NEP, a psicóloga Neydemar Cabral, a Sala de Leitura é um local apropriado ao estudo, pois possui uma estrutura bastante favorável; mas para o paciente, o ambiente tem também um papel terapêutico. “É uma forma disponível ao paciente, para que o mesmo se transporte da realidade hospitalar por alguns momentos, fazendo com que ele se desligue um pouco, do seu problema de saúde, o que proporciona uma maior qualidade na permanência”, ressalta.

O local funciona em horário comercial, no segundo andar do hospital, e dá opção a empréstimo para acadêmicos e servidores.

Afonso Félix de Souza O nome da Sala de Leituras foi sugerido pelos parceiros Instituição Odemburg de Desenvolvimento e pela Universidade de Brasília, já que os exemplares foram doados por meio de um projeto que leva o nome do goiano Afonso Félix de Souza, um dos principais poetas da terceira fase do modernismo brasileiro estreando com revista portuguesa Orfeu, em 1948. Suas principais obras são: O amoroso e a terra, 1953; Memorial do errante, 1956; Íntima parábola, 1960; Soneto aos pés de Deus e outros poemas, 1994. (Da Ascom Sesau)

AO VIVO