Menu
Busca sábado, 08 de agosto de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
20ºmin
INTERDIÇÃO

Frigorífico irregular em Porto Nacional é interditado a pedido do MPE

29 março 2011 - 18h32

Água contaminada com coliformes fecais acima do tolerável pelo Ministério da Saúde, não-utilização de câmara de resfriamento de carcaças, problemas no manejo de abate de bovinos e deficiências estruturais e tecnológicas levaram o Ministério Público Estadual (MPE) a recomendar a interdição do Frigorífico Ideal, em Porto Nacional, a 60 Km de Palmas.

A recomendação, encaminhada à Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec), foi cumprida parcialmente nesta terça-feira, 29, quando fiscais do órgão interditaram o estabelecimento e notificaram o proprietário sobre as irregularidades encontradas no frigorífico. Técnicos do Naturatins também estiveram no local para conferir as licenças prévia, de instalação e de operação.

Segundo a Promotora de Justiça, Márcia Mirele Stefanello Valente, a decisão de interditar o frigorífico é decorrente da quantidade de desconformidades com a Legislação Federal, o que inviabiliza o funcionamento do local: “A carne produzida aqui coloca em risco a saúde da população, uma vez que é abatida e manejada fora das normas vigentes”, pontua.

Além da interdição, o MPE recomenda à Adapec que suspenda o Selo de Inspeção Estadual do Frigorífico Ideal, até a sua adequação integral à legislação sanitária e que tome todas as providências cabíveis no sentido de impedir a distribuição de carne fora dos padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde e pela própria Agência.

A recomendação foi assinada conjuntamente pela 3ª e 7ª Promotorias de Justiça de Porto Nacional. (Da Ascom MPE)
 

AO VIVO