Menu
Busca segunda, 10 de agosto de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
20ºmin
DESTAQUE

Alunos de Canuanã são destaques na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia

30 março 2011 - 10h53

Alunos da Escola de Canuanã, da Fundação Bradesco, localizada no município de Formoso do Araguaia, no Sul do Tocantins, foram destaques na 9ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), realizada de 22 a 24 de março, na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), em São Paulo. Considerada a maior do País, a feira deste ano contou com a participação de mais de 300 projetos criados por estudantes de todas as regiões brasileiras.

Com o projeto “Traça da cera: análise da eficiência do barbatimão no controle e prevenção da traça da cera em apiários” o aluno da Escola de Canuanã, Helielson Bezerra Mota Viana, que foi representando os demais alunos do grupo: Raiane da Silva Lima e Rafael Ferreira de Sousa obteve a primeira colocação como o Melhor Estande, tendo ainda se classificado em segundo lugar em Ciências Agrárias. Esse projeto teve a professora, médica veterinária, Jefferlene Silva Almeida, como orientadora.

Já o aluno Saymon Sousa, que foi representando os demais alunos do grupo: Luana Rodrigues Duarte e Amanda Potencio da Costa, conquistou o primeiro lugar em Ciências Agrárias, primeiro lugar em Relevância Social, além de ganhar Destaque Especial da Faculdade de Medicina da USP, com o trabalho “Avaliação da eficiência da polinização das abelhas na produção do melão”. Esse projeto teve a orientação da professora, médica veterinária, Jefferlene Silva Almeida e a co-orientação do professor de Matemática Pedro Gomes Neto.

Além desses dois trabalhos, a aluna Camila Evelin Sousa de Queiroz, que também esteve na Febrace, representando os demais alunos do grupo: Kaio Tavares da Silva e Nelson Toledo Netto, pois o Projeto Revista – PESC / Papo de Escola, com a coordenação da professora Daniela Bandeira Costa, também foi um dos finalistas desta edição da Febrace.

O Diretor Geral da Escola de Canuanã, Ricardo Rehder, disse estar muito orgulhoso de seus alunos. Segundo ele, a conquista de mais essas premiações, além de ser mérito do esforço dos próprios alunos e de todos os envolvidos, é também, o resultado de um trabalho árduo e consistente da metodologia pedagógica colocado em prática no decorrer dos anos pela Fundação Bradesco em todo País e ter possibilitado esses momentos, essa alegria e essas conquistas aos nossos alunos é muito gratificante. “É mais um reconhecimento público de que estamos no caminho certo e isso muito nos incentiva a continuar trabalhando em prol da formação ética, profissional e educacional desses jovens”, finalizou.

SOBRE A FEIRA
A Feira Brasileira de Ciências e Engenharia é um movimento nacional de estímulo ao jovem cientista, que todo ano realiza na Universidade de São Paulo uma grande mostra de projetos.

A Febrace assume um importante papel social incentivando a criatividade e a reflexão em estudantes da educação básica, através do desenvolvimento de projetos com fundamento científico, nas diferentes áreas das ciências e engenharia e desenvolve o ano todo ações de incentivo à cultura investigativa, de inovação e empreendedorismo em nosso país.

Desde 2003, a Febrace tem descoberto novos talentos e gerado oportunidades. Sua história é composta por alunos, professores, pais e escolas que juntos mostram à sociedade brasileira que aprendem a aprender, que podem querer e que podem fazer. (Fonte: Zacarias Martins)


AO VIVO