Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
34ºmax
23ºmin
PEDRO AFONSO

Projeto Sustentável será retomado em 11 cidades

14 abril 2011 - 19h31

Na manhã desta quinta-feira, 14, na sala de reuniões do Palácio Araguaia, o governador Siqueira Campos (PSDB) recebeu parte do seu Secretariado e a imprensa tocantinense para assinar uma ordem de pagamento e duas ordens de serviço, sendo uma para início e outra para retomada de obras, todas referentes ao PDRS/TO – Projeto de Desenvolvimento Regional Sustentável.

Os documentos assinados pelo governador abrangem recursos da ordem de US$ 2,1 milhões que, segundo o Secretário de Infraestrutura, Alexandre Ubaldo, devem ser aplicados até o final de junho deste ano. “As ordens de serviço envolvem 12 obras executadas no Estado, em especial obras de recuperação de rodovias”, pontua Ubaldo.

Durante sua fala Siqueira Campos reforçou o compromisso do Governo quanto ao investimento para a melhoria da infraestrutura do sistema rodoviário tocantinense. “A recuperação do nosso sistema rodoviário é fundamental para facilitar a vida do povo, garantindo o escoamento da produção do Estado e nossa competitividade, no mercado brasileiro e até internacional”, destacou o Governador.

Dando prosseguimento à reunião, Alexandre Ubaldo apresentou um breve balanço do andamento do PDRS no Estado e como este será conduzido até o final de 2011. “Nesse primeiro momento estamos realizando pagamentos atrasados sendo que nossa meta, por hora, é executar 38 ordens de serviço até junho deste ano”, acrescentou.

As obras que serão retomadas são, na maioria, de melhorias nas rodovias vicinais e estão localizadas nos municípios de Chapada da Natividade, Bom Jesus do Tocantins, Centenário, Itapiratins, Pedro Afonso, Recursolândia, Santa Maria do Tocantins, Lizarda, Rio Sono, Santa Tereza do Tocantins, São Félix do Tocantins e Palmas.

Sobre o PDRS
O PDRS visa a implementação de políticas públicas de características únicas e fortemente atreladas ao contexto e especificidades do Estado e às políticas de governo, a saber: de promoção de altas taxas de desenvolvimento econômico, social e ambiental sustentáveis no longo prazo e regionalmente harmônicas, proporcionando a redução dos desequilíbrios regionais a partir da utilização de instrumentos de gestão integrados aos sistemas de planejamento em todos os níveis da administração pública.

Atualmente o PDRS atende 67 municípios tocantinenses da região leste do Estado. O critério para escolha desses municípios baseou-se naqueles que apresentam os menores índices de desenvolvimento humano (IDH).

Todos os projetos previstos no PDRS devem ser concluídos até o final deste ano, somando um total de US$ 96,9 milhões de recursos, aplicados em obras de desenvolvimento de estruturas viárias e demais obras relacionadas à infraestrutura regional. (Com informações da Ascom da Infraestrutura)

 

AO VIVO