Menu
Busca sábado, 28 de novembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
22ºmin
DENÚNCIA

Vereadores denunciam falhas em obras federais em Tocantínia

03 maio 2011 - 09h37

Os vereadores de Tocantínia, Euvaldo Machado (PMDB), Solange Lucena (DEM) e Pastor Rogério (PMDB) protocolaram ofício no Ministério Público Federal e na Polícia Federal solicitando agilidade nas providências destes órgãos com relação à construção do Balneário no município e ainda à má situação da malha asfáltica das principais ruas do município.O ex-candidato a prefeito no município, Nilo Cavalcante também apoia os vereadores na reivindicação. As obras são de recursos federais.

Há dois anos os mesmos vereadores fizeram tal solicitação e alegam que até o momento não receberam nenhuma reposta com relação ao assunto. Foram anexadas fotografias no ofício mostrando a situação do balneário que, segundo os parlamentares, é um perigo para a vida dos moradores.

“É um perigo para a população porque o balneário ruiu, desmoronou”, salientou o vereador Euvaldo ao Conexão Tocantins. As fotos mostram que a obra que está parada está deteriorada. O investimento do governo federal foi da ordem de R$ 500 para a construção do Balneário que fica na margem direita do Rio Tocantins.

Ao redor do Balneário vários moradores transitam e tem até um bar nas mediações. “Isso é uma questão de perigo mesmo à vida dos moradores que freqüentam lá. A obra está desmoronando trazendo risco para a vida das pessoas”, salientou a vereadora Lucena.

Asfalto
Com relação ao asfalto são várias ruas em situações praticamente intransitáveis, segundo mostram as fotos. Buracos e deterioração da malha atrapalham o trânsito e alagam as principais vias nas Ruas jacinto Pereira saída para Aparecida d Rio Negro, na Vila Planalto e na Vila Jacó. “O asfalto do setor aeroporto está com problemas de alagamento", conta os vereadores por falta inclusive de serviços de terraplanagem na obra.

Um trecho do asfalto ainda nem foi inaugurado e já está em se deteriorando, argumentam ainda os vereadores.

São vários trechos. Há uma cobrança da própria população com relação ao assunto”, salientou os vereadores. A questão do asfalto o Ministério Público Federal encaminhou para análise e acompanhamento do TCU.

A vereadora Lucena contesta o argumento de que o período chuvoso impediu a restauração do asfalto. “Quantos verões vieram e ninguém fez nada? Essa é uma situação de anos”, salientou.

A ambulância do município na semana passada, conforme mostram fotos, teve problemas para conseguir transitar nas ruas do município devido ao alagamento.

Falhas
O prefeito do município, Manoel Silvino (PR), segundo os parlamentares alegou que o problema no balneário é em razão do lençol freático no entanto os vereadores contestam. Há informações de que a empresa que conduziu às obras, ligada ao suplente de deputado federal, Otoniel Andrade, não tinha nem equipamentos adequados para a construção da obra, segundo relatos.

Os parlamentares frisam que é preciso saber de onde veio a falha com relação à obra que teve desperdício de verbas federais. A Polícia Federal acompanha o caso mas as informações, conforme os parlamentares, seguem em segredo de justiça. (Do Conexão Tocantins)

AO VIVO