Menu
Busca sexta, 28 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
22ºmin
GURUPI

Estado e CEF decidirão quem será beneficiado pelos programas habitacionais

05 maio 2011 - 10h49

Na manhã desta quarta-feira, 04, o coordenador de cadastro da secretaria municipal de Habitação, Edmilson Ribeiro, comentou à radio Nova FM 104 de como anda a questão da moradia em Gurupi, uma vez que existe dois programas habitacionais na cidade e nenhuma casa ainda foi entregue aos cadastrados. Sobre estes programas pairam dúvidas que foram esclarecidas pelo coordenador.

Edmilson explicou que o ‘Programa Minha Casa Minha Vida’, que é uma parceria entre governo federal e municipal está construindo 365 casas, sendo que destas 135 já estão concluídas. Ele destacou que a construtora ainda trabalha no prazo legal para a entrega das obras.

O coordenador pontuou que foi feito um cadastro único e Caixa Econômica Federal é a responsável pela a escolha. Ele garantiu que não há interferência por parte da secretaria municipal de habitação na escolha. Vale ressaltar que este programa é um financiamento a ser pago em um prazo de 10 anos onde a pessoa paga 10% da sua renda.

O outro programa conhecido com Resolução 460, que é uma parceria entre o Estado e o município está construído 460 moradias, que ainda não foram entregues aos beneficiários. Neste programa o contemplado não paga nenhum valor.

Edmilson explicou que o governo passado já havia feito a escolha de quem teria direito a ganhar esta moradia, no entanto, devido a denúncias de que pessoas estariam sendo beneficiadas sem ter a real necessidade, o atual governo optou por fazer uma nova triagem, sendo que 15 Assistentes Sociais estão visitando os contemplados para detectar se realmente precisam da moradia, além destes 15 profissionais, no Centro Cultural Mauro Cunha há ainda mais três profissionais para fazer o diagnóstico, caso o contemplado não seja visitado pode ir ao local.

O coordenador destacou que muitas das construções já estão no ponto de receber a cobertura. Ele expôs também que o município está escolhendo uma área para ser transferida as construções que estavam previstas para serem realizadas no setor Industrial.

Edmilson também enfatizou que neste programa a secretaria municipal de Habitação não tem nenhum poder de interferir na metodologia de escolha. (Do site Cocktailonline)


AO VIVO