Menu
Busca domingo, 29 de novembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
21ºmin
GURUPI

Questões políticas marcam entrega de cestas

12 maio 2011 - 12h08

Dias depois do secretário de Assistência Social, Agimiro Dias afirmar ao Conexão Tocantins que o governo não aceitaria promoção de políticos através da entrega das cestas em Gurupi apenas cinco vereadores da base do governo estadual receberam cestas para entregar.

A secretária da Região Metropolitana do Sul, Goiaciara Cruz confirmou ao Conexão Tocantins que com aval da Setas repassou a cesta para os vereadores entregarem apenas a cinco vereadores.“O governador vai entregar para a oposição?Eu só recebo ordens, sou funcionária do Estado”, disse.

Cada vereador recebeu 200 cestas para doar às famílias que escolheram. O presidente da Câmara, Jonas Barros (PV) foi um dos que recebeu no entanto ele garantiu que não fez a entrega pessoalmente e sim funcionários de seu gabinete. “Foi o pessoal do meu gabinete que entregou. Eu recebi e entreguei. Não fui eu que inventei isso”, salientou.

Questionado se achava correto as cestas serem entregues por vereadores em véspera de ano eleitoral, o presidente frisou que não, devido ao fato de não ter feito as entregas pessoalmente.

Ao todo para o município foram entregues 5 mil cestas, segundo Goiaciara. “Só repassei as cestas com ordens da Secretaria”, frisou.

O prefeito Alexandre Abdala (PR) foi procurado pelo Conexão Tocantins para comentar o assunto mas até fechamento desta matéria não deu retorno.

Questão política
As cestas básicas do governo estão dando o que falar também na Assembleia Legislativa onde já foi questionado o fato de pré-candidatos para as próximas eleições municipais participarem de entrega. Em Palmas, o deputado Marcelo Lelis (PV) entregou, em Paraíso do Tocantins os deputados Osíres Damaso (DEM) e José Gerando (PTB) nomes também cotados para disputar a prefeitura participaram da entrega além de Araguaina onde o próprio secretário Agimiro ajudou a entregar.

Outro ponto levantado com relação às cestas é a questão do preço. Sargento Aragão (PPS) líder da oposição, chegou a afirmar que há indícios de superfaturamento na compra das cestas. (Maria José Cotrim/Conexão Tocantins)


AO VIVO