Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
23ºmin
SEGURANÇA

Câmara de Araguaína discutirá projeto que intensificará segurança em Bancos

09 junho 2011 - 10h37

Stoff Vieira
Da Redação



 

Na sessão da próxima segunda-feira, 13, na Câmara Municipal, entrará em primeira votação um Projeto de Lei de autoria do vereador Divino Betânia (PP). O objetivo do projeto é intensificar as medidas de segurança em agências bancárias do município de Araguaína. O intuito do vereador é que sendo este projeto aprovado pela Câmara e sancionado pelo prefeito Valuar Barros (DEM), os altos índices de crimes cometidos contra clientes nas famosas "saidinhas de banco" sejam reduzidos.

O projeto do vereador visa proibir a entrada de clientes nas agências, usando capacetes ou outros acessórios que dificultem a visualização do rosto e reconhecimento do indivíduo. O projeto chegou a ser colocado em pauta para votação na última terça-feira, 7, mas o mesmo foi retirado para passar por algumas modificações.

No projeto inicial, entre as proibições estaria o uso de chapéus, bonés e óculos nas dependências das agências. No entanto, com sua reformulação, estas proibições serão revistas.

Porém, em entrevista à reportagem do Portal O Norte o vereador destaca que "ficará na responsabilidade da Agência bancária fiscalizar e proibir a entrada de clientes que estejam usando bonés ou qualquer dos acessórios que forem retirados da lista de proibição do Projeto", e acrescenta "Essa modalidade de crime que geralmente começa com informações dadas por uma pessoa dentro do Banco é tem acontecido com freqüência na cidade de Araguaína. Portanto entendo que providências preventivas é uma boa alternativa para coibir essas ações dos bandidos".

Entre as modificações que poderão ser acrescidas no Projeto de Lei, o vereador afirma que está "a instalação de biombos entre os caixas e a fila de espera, impossibilitando a visibilidade do caixa para quem aguarda atendimento, garantindo assim mais segurança para os clientes que precisam, por exemplo, sacar valores em dinheiro".

AO VIVO