Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
30ºmax
22ºmin
EDUCAÇÃO

Projeto promove integração de mais de mil alunos através da música

10 junho 2011 - 11h53

Toda manifestação de amor sincero por algo é digna de admiração; agora, imagine, então, quando ela é apresentada ao mesmo tempo por cerca de 1200 crianças e jovens, fazendo do soar do cantar conjunto do amor pela música um meio de dizer a todos: ainda há beleza pura no mundo. Esta é a sensação que, no final da tarde desta última quinta-feira, 09, o Coral Estudantil Mil Vozes do Tocantins, projeto da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) formado por alunos de unidades de ensino federal, estadual, municipal e particular de Palmas, deixou aos que puderam prestigiar o primeiro ensaio do grupo nas escadarias do Palácio Araguaia, mesmo local onde, no dia dois de agosto, os pequenos cantores irão oferecer um grande espetáculo, durante a Feira Literária Internacional do Tocantins (Flit).

Estudante do 2º ano integrado com a formação técnica em informática do Colégio Militar de Palmas, Dayelle Elias Amaral, de 16 anos, se diz muito feliz com a oportunidade que está tendo de integrar um grupo tão rico em diferenças, mas que têm um mesmo foco: a música. “Eu sempre amei cantar, mas é a primeira vez que entro para um grupo de canto, e não é um grupo qualquer, pois somos mais de mil juntos. Quando mais nova, cheguei a participar do Projeto Educando com a Arte, da quadra 1106 Sul, onde aprendi bastante. Mas aqui é diferente, nós aprendemos um com o outro, mesmo não se conhecendo direito. Aos poucos, ficamos mais amigos, e já até brincamos, imaginando o dia da apresentação, se todos vão gostar, se vão nos reconhecer na rua depois; é muito engraçado, mas eu não quero ser ‘pop-star’, vou cantar só pelo amor à música mesmo”, declarou a aluna Dayelle Amaral.

Para alguns destes alunos, conviver com a música no ambiente escolar é algo que ainda deslumbra, como é o caso de Ramon Freitas da Silva, de 10 anos, que cursa o 6º ano no Colégio Estadual de Ensino Integral Rachel de Queiroz, inaugurado em março. “Gosto de cantar, mas nunca tive aulas. Em casa canto o dia todo; quem sabe consigo aprender bem e me tornar um cantor de verdade; né?! Só sei que estou muito feliz por estar aqui”, afirmou, sorridente, o Ramon.

Emoção à flor da pele
Presente durante a apresentação, o secretário de estado da Educação, Danilo de Melo Souza, afirmou que o projeto emociona por gerar a aproximação entre um grupo tão diversificado de alunos, que apesar de viverem em realidades muitas vezes distintas, são capazes de se integrar e realizar um bonito trabalho artístico juntos. “Estas crianças e estes jovens são exatamente o que diz o título da canção do Erasmo Carlos que eles primeiro cantaram no ensaio, ‘Sementes do amanhã.’ Este projeto é essencial como elemento de formação destes meninos e destas meninas, pois apresenta valores importantes e estimula o conhecimento estético e sócio-emocional de cada um deles, firmando os princípios bons, como o focado em vivermos em uma sociedade fraterna. Eles sonham em fazer um grande espetáculo musical; sem dúvida, é isto que vão conseguir, e estaremos todos lá para ver e aplaudir”, ressaltou Danilo de Melo.

Outro secretário de estado presente foi o de Comunicação, Arrhenius Naves, que se dizia sem palavras para descrever o que sentia durante o ensaio. “Esta idéia é fantástica, a de reunir alunos de escolas estaduais, federais, municipais e particulares, e o melhor é que notamos que esta união é harmônica. O Coral Mil Vozes me fez arrepiar o tempo todo; não sei se consigo explicar bem o que sinto, mas acho que uma palavra descreve bem o que este grupo é: impressionante”, destacou o secretário.

Novos ensaios
Com o objetivo de proporcionar integração entre as unidades escolares da Capital, aproximar os estudantes do universo musical e, também, intensificar o contato dos alunos com a música, o Mil Vozes possui um repertório variado, fruto, principalmente, da metodologia de ensino integral, que insere a arte no dia-a-dia dos estudantes do Tocantins. A maioria dos ensaios do Coral ocorre em cada unidade de ensino participante, porém, outras três pré-apresentações, como a realizada, estão previstas, conforme explica a superintendente de Educação de Tempo Integral da Seduc, Cleudemar Abreu Lopes. “O Mil Vozes voltará às escadarias do Palácio nos próximos dias 16 e 22 de junho, para novamente ensaiarmos com todos juntos e acertamos alguns detalhes, como os de posicionamento dos alunos, por exemplo. Já no dia 1º de agosto, véspera a apresentação deles na Flit, o ensaio-geral será em uma unidade de ensino, pois a Praça dos Girassóis já estará repleta de atividades da Feira”, revelou a superintendente.

Ainda segundo Cleudemar Lopes, uma das propostas das Escolas de Tempo Integral é justamente promover a arte, e a música é uma das manifestações mais agradáveis dela. “Muitos destes alunos já têm maior intimidade com esta realidade; outros nem tanto. Mesmo assim, todos eles se saíram muito bem, e isto mostra o quanto o ensino de tempo integral enriquece os nossos estudantes”, concluiu Cleudemar. (Ascom Seduc/Marcus Mesquita)
 

AO VIVO