Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
20ºmin
CONQUISTA

Prefeito comemora conquista de Escola Técnica Federal para Colinas

17 agosto 2011 - 08h21

Uma nova alternativa para a formação de profissionais de nível médio e superior está sendo criada em Colinas do Tocantins. É o Campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO), que realiza o sonho dos colinenses em ter uma instituição de ensino superior, pública e gratuita, bem como de cursos técnicos profissionalizantes. “Estamos felizes com essa conquista, uma vez que esta luta é antiga, de vários anos, tínhamos a confiança de que a nossa presidenta Dilma ia compreender a importância dessa Instituição para o desenvolvimento de nossa região”, explica o prefeito Santana.

O anúncio da instalação de um Campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO), no município de Colinas do Tocantins foi feito pela presidente da República, Dilma Rousseff, durante a apresentação da terceira fase do programa de expansão da Rede Federal de Educação Superior e Profiss ional e Tecnológica. O prefeito José Santana Neto acompanhado pela secretária municipal de Educação e Cultura, Odaléa Sarmento, participou da solenidade realizada na manhã desta terça-feira, dia 16, no Palácio do Planalto, em Brasília.

Agora, de acordo com o prefeito, o Município vai providenciar uma área de 60 a 150 hectares, com uma distância máxima de oito quilômetros da zona urbana. “A IFTO em nossa cidade será voltada para a área de agropecuária, tendo cursos de graduação, com possibilidades para qualquer outro curso que for consi derado adequado para o desenvolvimento da região”, explicou.

O projeto da Escola Técnica Federal em Colinas foi feito pelo prefeito José Santana Neto ainda quando era deputado estadual. Várias conversas já aconteceram naquela época. Em 2009, um novo projeto foi apresentado pelo município. Em 2010, uma pesquisa dos cursos que poderiam ser implantados em Colinas foi realizada. Em seguida, técnicos do Ministério da Educação estiveram na cidade, avaliando prédios e áreas para funcionamento e instalação de um Campus. Agora, em 2011, o Campus de Colinas é conquistado e um dos motivos, para a escolha do município, de acordo com o prefeito Santana foi “o pátio da Ferrovia Norte-Sul”.

Serão disponibilizados R$ 10 milhões para a construção da unidade em Colinas, sendo que R$ 7 milhões serão liberados ainda em 2011 para o início da construção.

Rede Federal
O programa de expansão da Rede Federal de Educação Superior e Profissional e Tecnológica tem o objetivo de ampliar a oferta de cursos profissionalizantes e atender a crescente demanda do mercado. Além de Colinas do Tocantins, outro município tocantinense beneficiado com a instalação de outra unidade da IFTO foi Dia nópolis, na região sudeste do Estado.

De acordo com o Ministério da Educação, no total, serão criadas quatro universidades federais – duas na Bahia e as demais no Ceará e Pará -, 47 campi universitários e 208 unidades de institutos federais de educação, ciência e tecnologia distribuídos em todo o país. Serão 88 entregues até o final de 2012 e mai s 120 entre 2013 e 2014. Essas ações integram o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). (Da Ascop Colinas)

AO VIVO