Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
31ºmax
22ºmin
ANANÁS

Prefeita responde à denúncias e culpa governo por descaso na Saúde

23 agosto 2011 - 08h54

Dágila Sabóia
Da Redação


Após matéria publicada no Portal O Norte sobre denúncias que apontavam contratação de falsos médicos e funcionários fantasmas de Ananás, a reportagem do portal procurou a prefeita do município, Raimunda Rosa (DEM), para responder às acusações.

De acordo com a denúncia, falsos profissionais estariam fazendo plantão no Hospital de Pequeno Porte Nossa Senhora Aparecida. A prefeita se defendeu, culpando o Governo do Estado pela situação em que se encontra a saúde no município, afirmando que desde o início do ano, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) não fez nenhum repasse à Unidade de Ananás. “O governo, que é o verdadeiro responsável, não me ajuda e não está nem aí para a saúde. Mas graças a Deus, temos médicos que residem no município. Agora, pode procurar para eles se são falsos médicos ou não”, afirmou a prefeita, dizendo ainda que as denúncias não passam de fofocas políticas. “As próprias pessoas que fazem isso vão hospital e são atendidas por médicos”, argumentou.

Funcionalismo fantasma
Outra denúncia apontada na matéria, diz respeito à técnica em enfermagem, Eliene da Silva Silveira mais conhecida como Ellen, irmã da prefeita. Pelas informações, ela não estaria cumprindo jornada de trabalho completa no hospital, já que estaria estudando em período integral, o curso de Enfermagem na Faculdade do Bico do Papagaio (Fabic).

De acordo com a prefeita, Ellen é concursada do município e estaria fazendo plantão nos finais de semana, em função do curso na faculdade. Mas, conforme apurou a redação por telefone, a técnica de enfermagem daria plantão numa quinta-feira, contrariando o que disse a prefeita Raimundo Rosa, irmã de Ellem.

Outra denúncia também sobre funcionários fantasmas se refere à Ivana Nery, esposa do médico Teógenes Nery que já foi vice-prefeito da cidade. A prefeita Raimunda respondeu que se trata de uma funcionária pública federal concursada e que estaria à disposição do município. Questionada sobre a jornada de trabalho de Ivana Nery, a prefeita respondeu: “Eu ouvi dizer que em gestões anteriores ela não trabalhava, mas no meu mandato ela trabalha”, garantiu Rosa.

Já Ivana, também procurada pelo Portal, não quis comentar a denúncia.


AO VIVO