Menu
Busca quinta, 04 de junho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
33ºmax
21ºmin
PARAISO

PM prende homens que comercializavam drogas

22 setembro 2011 - 15h56

Policiais militares do 8º BPM em Paraíso do Tocantins prenderam, na madrugada desta quarta-feira (21), por tráfico de entorpecentes, Danilo Soares Gonçalves (19 anos), Olienderson Barros dos Santos (20) e Wesley Wanderson Barros dos Santos (19), estes últimos irmãos. Eles praticavam o comércio de entorpecentes em uma das praças mais movimentadas da cidade, a do Estudante, no setor Pouso Alegre.

A abordagem ocorreu a partir de denúncia anônima ao serviço 190. As informações atestavam que os detidos estariam distribuindo as substâncias aos frequentadores de um bar local (Pit Dog do Careca). Para tal, se utilizavam de um veículo GM Silverado de cor prata, placa MVL 5704 de Palmas-TO. A partir de tal denúncia, houve o emprego do serviço de inteligência da Organização Policial Militar (OPM), que constatou a veracidade das informações preliminares. Com isso, foi planejada uma operação para promover a caracterização do flagrante.

Através de revista veicular minuciosa, foram localizadas 60 (sessenta) pedras análogas ao crack e determinada quantia de substância correlata à cocaína. Foi localizado ainda R$ 70,00 (setenta reais) em dinheiro, já decorrentes do tráfico, além de 02 (dois) celulares.

Os jovens confirmaram a prática criminosa, afirmando que são oriundos de Palmas-TO e que estariam traficando na cidade desde o dia anterior. Inclusive, Wesley Wanderson já esteve preso por dez meses em decorrência da mesma prática. Dessa forma, todos foram encaminhados para Central de Flagrantes da cidade, onde lavrou-se o Auto de Prisão em Flagrante.

Ambulante
No dia anterior (20), já por volta das 11h30, foi localizado em poder de Aldemir Bispo dos Santos (37 anos) dois invólucros de substância correspondente à maconha. O mesmo sendo um vendedor ambulante de castanhas, afirmou que encontrara tais produtos abandonados em um banheiro de restaurante. Atestou que somente apoderou-se por curiosidade. Contudo, foi conduzido para o Departamento de Polícia Civil onde foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência.(Ascom SSP)

AO VIVO