Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
38ºmax
22ºmin
TAQUARALTO

Condutores assistem a simulação de acidente

23 setembro 2011 - 15h47

Na manhã desta sexta-feira, 23, a população do bairro de Taquaralto, em Palmas, e os condutores que passavam pela rodovia TO-050, nas imediações do Ginásio Ayrton Sena, vivenciaram uma cena impactante: a simulação de acidente de trânsito envolvendo um automóvel e uma motocicleta. Dando veracidade à cena, policiais militares, bombeiros, peritos e agentes de trânsito prestavam assistência no local. Até um helicóptero foi escalado para o socorro às vítimas.

A simulação, coordenada pelo Detran-TO, como parte da programação da Semana de Trânsito, teve início por volta das 8h, com a chegada de viatura da Polícia Militar, que isolou a área. Em seguida, veio a equipe do Corpo de Bombeiros, em uma unidade de resgate, socorrer as vítimas do automóvel – uma, em estado grave, foi levada de helicóptero para o Hospital Geral de Palmas (HGP); a outra foi encaminhada ao Pronto Atendimento da região. Todos os procedimentos foram realizados seguindo a rotina dos profissionais envolvidos.

Em seguida, o Instituto Médico Legal (IML) recolheu os “corpos” de duas vítimas fatais, ocupantes da moto, que estavam estendidos no local.

Pedestres e condutores de diversos veículos que trafegavam pela pista parcialmente interditada observavam as cenas, impressionados ao verem os bonecos cobertos com panos brancos sujos de tinta vermelha, semelhantes a corpos machucados.

Enquanto os procedimentos aconteciam, agentes de trânsito da Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito e Transporte (SMSTT) garantiam agilidade ao tráfego. Faziam parte do cenário uma moto Biz vermelha, um Gol cor prata e pedaços da motocicleta espalhados por toda a área.

Simulação
A moto seguia no sentido Taquaralto-Palmas quando o condutor reduziu a velocidade porque o semáforo indicava cor amarela, de atenção. O motorista do carro, que trafegava em alta velocidade e falava ao celular, não conseguiu parar, colidindo na moto e capotando seu veículo, sendo arremessado por não estar com o cinto de segurança. A passageira do carro, por usar o cinto, sofreu apenas ferimentos leves.

O condutor da moto estava com o capacete, mas não o havia ajustado, enquanto a passageira não usava o equipamento. Os dois morreram na hora.

Avaliação
Para o Sub-Comandante do 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros, capitão Erisvaldo Alves, a ação oportunizou aos presentes constatar a realidade chocante de um acidente de trânsito.

“Quando vi os corpos caídos no chão levei um susto. Achei que era tudo verdade, corri pra ver. Confesso que fiquei chocado. A iniciativa foi perfeita”, disse o montador Gilvan Lopes sobre a simulação, destacando ser importante que as pessoas tenham noção da realidade.

Realidade
Por volta das 21h desta quinta-feira, 22, o Corpo de Bombeiros atendeu uma ocorrência real de acidente grave envolvendo uma moto e um carro, na TO-050, sentido Palmas-Porto Nacional.

Os veículos se chocaram de frente. O condutor da moto, Renan Martins dos Santos, 29 anos, morreu no local e a passageira, Aline Gonçalves André, 31 anos, foi socorrida em estado grave. Os ocupantes do carro sofreram lesões leves.

As informações foram passadas pela aspirante oficial do Corpo de Bombeiros que atendeu a ocorrência, Daniela Tavares.

Para o coordenador de Policiamento de Trânsito do Detran-TO, tenente Vilson Rodrigues Júnior, vale a reflexão. “Estamos na Semana Nacional de Trânsito, mobilizados para prevenir os acidentes, mas eles continuam acontecendo e pessoas morrendo. Condutores, reflitam sobre o assunto, resgatem o valor da vida, eduquem-se para conduzir seus veículos e cumpram a legislação”, pediu o tenente. (Da Secom)

AO VIVO