Menu
Busca sexta, 18 de outubro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
34ºmax
24ºmin

Colinas implanta teste rápido para triagem que detecta Dengue

09 dezembro 2010 - 15h05

A saúde de Colinas está usando o teste rápido para triagem que permite o resultado em até 24 horas depois de colhida a amostra nas unidades de saúde da cidade. Sem este teste, o resultado do exame demora até 15 dias.

Buscando intensificar as ações de combate a Dengue, a Prefeitura de Colinas por meio da Secretaria Municipal de Saúde tem inovado nas ferramentas de prevenção e de triagem da doença. Primeiro, no início de 2010, a Diretoria de Vigilância em Saúde passou a utilizar no Núcleo de Controle de Zoonoses o MI Dengue, que monitora as áreas infectadas pelo mosquito. Agora, já está sendo utilizado o teste rápido de triagem, que consiste em um exame sorológico das pessoas notificas com suspeita de Dengue, reduzindo o tempo de espera pelo resultado do exame de até 15 dias para em até 24 horas.

Para o prefeito José Santana Neto a utilização deste teste permite um combate mais efetivo da doença em Colinas, uma vez que a cidade agora é o segundo município tocantinense a utilizar este teste. “Com este teste estamos buscando agilidade nas ações interventivas nas áreas que tenham realmente casos positivos da doença. Temos que agir rápido porque este vírus se espalha rapidamente”, explica o prefeito.

De acordo com o diretor de Vigilância em Saúde de Colinas, o médico veterinário José Pereira Veloso Júnior, o teste rápido de triagem tem 99% de sensibilidade e 99% de especificidade com sua qualidade aprovada pelo Ministério da Saúde. “O prefeito tem nos incentivado a buscar o que há de mais moderno e eficiente para o combate dessa doença e isso estamos fazendo. Agora, precisamos trabalhar juntos, sociedade e poder público, todos de mãos neste combate”, lembra o diretor.

MI Dengue
Além do teste rápido de triagem, Colinas tem como aliada o MI Dengue, sistema de monitoramento inteligente que permite saber em tempo real, as áreas infestadas pelo mosquito Aedes Aegypti.

Funcionando com armadilhas monitoradas e georeferenciadas, o MI Dengue mostra de maneira online para a Secretaria Municipal de Saúde a presença do vetor em Colinas, e assim, o combate é feito no local em que o mosquito é detectado. (Com informações da Sescom)


AO VIVO