Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
38ºmax
22ºmin
PORTO NACIONAL

Cidade sedia 11º Jogos dos Povos Indígenas

03 novembro 2011 - 09h14
Começa neste sábado, 05, a 11ª Edição dos Jogos dos Povos Indígenas, o evento acontecerá em Porto Nacional, na Ilha de Porto Real e prosseguirá até o próximo dia 12.

Os Jogos dos Povos Idigenas é um evento de nível internacional, organizado pelo Ministério dos Esportes e pelo do Comitê Intertribal – Memória e Ciência Indígena (ITC), com o apoio do Governo do Estado do Tocantins e da Prefeitura de Porto Nacional.

A competição deveria ter sido realizada na primeira quinzena do mês de outubro, mas teve que ser adiada por causa de novas regras de conveniamento entre governo federal e entidades privadas estabelecido pelo Decreto nº 7.267, assinado pela presidente Dilma Rousseff, e publicado no Diário Oficial da União (DOU) em 16 de setembro. Esse decreto inviabilizou convênios entre o Governo Federal e Entidades Privadas sem chamamento público.

Uma mega estrutura está sendo montada na Ilha de Porto Real. O diretor de esportes da Secretaria Estadual da Juventude e dos Esportes, Lécio Guimarães, explicou que o evento contará com a participação de 1400 indígenas, de 33 etnias brasileiras, dos Estados Unidos, Bolívia, Equador, Nicarágua, Venezuela e Canadá. Segundo ele, o Tocantins participará do evento com suas oito etnias - Karajá, Apinajé, Krahô, Xerente, Javaé, Krahô Kanela, Aticum e Pankararú.

Guimarães disse, que será montada uma aldeia para receber os participantes. “Uma super estrutura será montada, afinal eles irão permanecer na ilha durante todos os dias da competição”, ressaltou ele.

A organização do evento está um pouco atrasada com os preparativos, até o fechamento desta edição a programação do evento ainda não estava fechada, segundo informações da Assessoria de Comunicação da Secretaria da Juventude e dos Esportes. Mas a ideia é de que todas as competições aconteçam nas dependências do evento ou no Lago da Usina Luiz Eduardo Magalhães, que banha a Orla de Porto Nacional, exceto o futebol, que deve acontecer no estádio General Sampaio e a Corrida de Rua, que acontecerá na Orla.

O diretor também explicou que o evento será aberto ao público e que deve atrair turistas do Brasil e até de outros países. “Será um número gigantesco de estudiosos, amantes da cultura indígena e jornalistas interessados em participar do evento”, completou ele.
Segundo informações do Ministério dos Esportes, a intenção é de que nos oito dias de evento a Ilha receba cerca de 30 mil pessoas.

O objetivo do Governo do Estado é repetir o sucesso da edição de 2003 realizada na Praia da Graciosa, em Palmas. A oportunidade reuniu indígenas de vários países do mundo e jornalistas de veículos internacionais. Essa foi a primeira vez que os olhos do mundo estiveram voltados para a Capital do Tocantins.

A primeira edição ocorreu em Goiânia, em outubro de 1996, com a presença de 25 etnias, mais de 400 atletas e contou com a presença de Pelé, que incluiu o evento no calendário da Secretaria Nacional do Esporte.

Os Jogos têm como tema a integração cultural e a conscientização sobre o meio ambiente, dando foco a “Rio + 20” e à proposta da realização de um fórum social indígena.

AO VIVO