Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
30ºmax
22ºmin

Psicólogo que pesquisou cotidiano dos garis realiza conferências em Gurupi

10 novembro 2011 - 13h37

Fernando Braga da Costa, doutor em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP), ficou conhecido nacionalmente por pesquisar durante vários anos o cotidiano dos garis que trabalham no campus de uma das maiores universidades do Brasil, a USP. Para isso ele trabalhou por dez anos (uma ou duas vezes por semana) como gari, vivenciando a rotina e as dificuldades enfrentadas por essas pessoas. A pesquisa resultou no livro “Homens Invisíveis: relatos de uma humilhação social”, publicado em 2004 pela Editora Globo.

Amanhã, 11, Fernando Braga irá realizar duas conferências em Gurupi. A primeira será às 14h, na sede da Associação dos Professores Universitários de Gurupi (Apug), com o tema “Homens invisíveis: relatos de uma humilhação”, voltada para a comunidade em geral.

A segunda será às 19h30, com o tema “Homens invisíveis: a insignificância do ser humano”, durante o IV Encontro de Psicologia da UnirG, no salão da Loja Maçônica Amor e Justiça.

A organização é uma parceria entre o curso de Psicologia do Centro Universitário UnirG e a Apug.

Quando o trabalhador veste um uniforme como o de gari, muitas vezes ele deixa de ser notado e reconhecido pelas outras pessoas. A experiência do Fernando Braga vai mostrar a humilhação social vivida pelos garis e a experiência dele durante os dez anos de pesquisa”, ressalta o presidente da Apug, professor José Carlos de Freitas.

A invisibilidade social sofrida pelos garis tem ocorrido também em outras profissões, inclusive com a de professor. Com essa discussão esperamos que a comunidade passe a olhar para todos os trabalhadores com mais atenção e respeito”, complementa Freitas.

Na conferência que será realizada na sede da Apug haverá também um debate com a participação dos professores da UnirG, Antônio José Roveroni, Joel Moisés Silva Pinho, Paulo Henrique Costa Mattos e José Carlos de Freitas.

Outras informações sobre a conferência na sede da Apug podem ser obtidas pelo telefone (63) 3312 3220.

Sobre o IV Encontro de Psicologia da UnirG, as informações podem ser obtidas pelo telefone (63) 3612 7636.

A Apug está localizada na Rua 09, entre avenidas Guanabara e Rio de Janeiro, e a Loja Maçônica Amor Justiça está localizada na Rua 08, entre avenidas São Paulo e Amazonas.

Outras informações na Assessoria de Comunicação da Fundação e Centro Universitário UnirG pelo telefone (63) 3612 7548. (Unirg Ascom

AO VIVO