Menu
Busca terça, 10 de dezembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
30ºmax
22ºmin

Indústria paranaense curtidoura de couros será intalada em Wanderlândia

12 janeiro 2011 - 10h15

Com capacidade para beneficiar inicialmente 1.328 peles bovinas por dia, a curtidora Durlicouros está se instalando no município de Wanderlândia. Em reunião nesta terça-feira, 11, o secretário da Indústria, do Comércio e do Turismo, Ernani Soares Siqueira, e a subsecretária Leide Mota, receberam o diretor e sócio da empresa, Evandro Luís Durli, que repassou detalhes do investimento.

Segundo Ernani Soares, o seu objetivo a frente da pasta é industrializar e ao mesmo tempo agregar valores aos produtos e bens produzidos no Estado, gerando dessa forma mais emprego e renda para a população.

O diretor Evandro Luís Durli explicou que a intenção da empresa é contratar mão-de-obra da própria região. “Iremos contratar e capacitar os trabalhadores do próprio município, gerando renda para a cidade”, declarou Evandro.
Com investimentos iniciais em torno de R$ 3,5 milhões, a curtidora deve gerar cerca de 100 vagas de emprego direto e indireto.

O diretor ainda ressaltou que a empresa já protocolou o pedido de concessão de incentivo fiscais do Programa Prosperar do Governo do Estado e aguada a 1ª reunião do Conselho de Desenvolvimento do Estado (CDE) para a analise do processo.

A Durlicouros
Localizada na cidade de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba (PR), a Durlicouros está presente em cinco estados: Mato Grosso, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul e agora no Tocantins.

A empresa irá colocar à disposição do mercado nacional e internacional o que há de mais moderno em couros wet blue, crust e acabado. (Fonte: Andreia Dias)

 

AO VIVO