Menu
Busca sábado, 21 de setembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
38ºmax
23ºmin
MORADIA NA CAPITAL

Vantagens e desvantagens na hora de escolher um imóvel em Palmas

15 julho 2019 - 11h38

Apesar da vista privilegiada morar na orla de Palmas pode trazer alguns transtornos. O calor, por conta da proximidade com o lago, o barulho dos bares localizados na área e a falta de comércios e infraestrutura são alguns deles. A região central, que tem serviços públicos, particulares e comércio em suas imediações, também tem seus contrapontos, como o metro quadrado mais caro, justamente por conta da oferta de serviços e infraestrutura

A localização de um imóvel é um dos principais fatores a serem analisados no processo de escolha e compra, seja para investir ou morar.

Em ambas as regiões da cidade, entretanto, há vantagens e desvantagens que devem ser observadas pelo comprador. Uma delas é justamente a oferta de serviços privados e públicos.

“A proximidade de comércios, serviços públicos, escolas, opções de lazer e qualidade de vida fazem toda a diferença e costuma orientar a preferência do comprador. A região central de Palmas é rica em oferta de serviços como comércio, educação, saúde e outros. Quem opta por morar no centro vai contar com a vantagem de estar sempre perto de tudo que precisa" diz o corretor de imóveis Joelton Martins.

Já para quem decide comprar um imóvel localizado na orla da cidade é preciso ficar atento a problemática envolvendo as questões ambientais que podem aumentar o calor no imóvel.

Segundo a engenheira civil Nicole Giovana Menezes Rocha a proximidade do lago faz com que o reflexo do sol na água incida diretamente em alguns apartamentos em determinados horários do dia. “O sol, especialmente à tarde, por si só já é bastante intenso. Isso, aliado ao reflexo na água pode causar bastante desconforto”, explica.

A notícia boa, de acordo com ela, é que a incidência de raios solares depende também posição do imóvel. Ou seja, com a ajuda de um corretor, é possível encontrar um imóvel que combine o bem estar térmico com a vista para o lago.

Já entre os benefícios, está a visão privilegiada de um dos principais cartões-postais de Palmas. Segundo Joelton, o lago, é sem dúvida o principal ponto positivo de se escolher um imóvel na orla. “A maior parte dos apartamentos têm varandas voltadas para o oeste, oferecendo vista permanente do lago e, no final da tarde, do pôr do sol”, comenta o corretor.

Sossego

Mesmo com a vista de tirar o fôlego, a paz, sossego e qualidade de vida que essa proximidade com a natureza traz são quebrados aos finais de semana, feriados e também quando os moradores precisam conviver com os eventos públicos e privados realizados na Praia da Graciosa.

Por ser uma opção de lazer bastante acessível, a orla de Palmas costuma ser muito visada pela população que costuma ir até o local para se divertir. O problema é quando essa diversão extrapola os limites.

Moradora de um prédio na orla há 11 meses, Marta Almeida se queixa do barulho dos usuários e de eventos que ocorrem frequentemente no local. “Nós tínhamos problemas com bares e embarcações. Nos dois casos eu conversei com os responsáveis e conseguimos resolver. Mas há os carros de frequentadores que vêm até o píer de madrugada, ligam o som alto e ficam no local até de manhã”, reclama.

Os shows e eventos na praia da Graciosa também incomodam os moradores. No evento realizado por ocasião do aniversário de Palmas no mês de maio, Marta diz que o barulho, que seguiu até às 06h da manhã, foi tão intenso que a impressão era de estar no meio do evento.

“Foram fogos de artifício, música muito alta que parecia que estava dentro do prédio. Tenho filmagens de dentro do meu quarto com esse barulho todo. O show terminou às 3, mas o barulho só encerrou mesmo às 6h. Nos réveillons eu nem costumo ficar em casa porque já sei que os eventos são aqui, então eu saio”, revelou.

Meio termo

Uma boa saída para aliar contato com a natureza, vista privilegiada e facilidade de acesso a comércio e serviços é optar por um meio termo. O corretor explica que atualmente o mercado imobiliário já oferece opções de imóveis que se encontram a meio caminho, tanto do lago, quanto do centro da cidade.

“Um imóvel nessas regiões da cidade, entre o centro e o lago, oferece ao morador a mesma vista deslumbrante do lago, proximidade com as praias e ao mesmo tempo com o comércio, shoppings e universidades”, observa Joelton Martins. 

Ao Vivo