Menu
Busca sexta, 20 de setembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
36ºmax
23ºmin
ACESSIBILIDADE

Complexo de Polícia em Palmas recebe rampa de acesso para cadeirantes

01 agosto 2019 - 09h20

Visando qualificar o atendimento prestado diariamente no Complexo de Delegacia de Polícia em Palmas que abriga, dentre outras, as unidades especializadas em atendimento ao idoso e de repressão aos crimes de trânsito, a Polícia Civil promoveu a readequação na estrutura física da sede do Complexo, adaptando-o para a acessibilidade de cadeirantes. As adaptações foram realizadas sem ônus para o órgão policial.

“O Complexo I de Delegacias Especializadas da Capital agora apresenta em sua estrutura física rampa de acesso e sinalização para auxiliar a locomoção de cadeirantes e outras pessoas que, por qualquer motivo, tenham sua mobilidade reduzida. O objetivo é humanizar o atendimento, proporcionando conforto e bem-estar ao cidadão, instrumentalizando a acessibilidade aos portadores de qualquer deficiência enquanto garantia assegurada constitucionalmente”, ressaltou o delegado titular da Delegacia Especializada na Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente – DEMA, Fernando Ubaldo.

Através de doação, o órgão passa a contar também com uma cadeira de rodas, que será utilizada por qualquer pessoa a ser atendida nas seis unidades policiais reunidas no Complexo. Hoje, o Complexo sedia a Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes contra o Meio Ambiente (DEMA), em Proteção à Pessoa Idosa (DEPI), na Repressão a Crimes de Trânsito (DRCT), na Repressão aos Crimes Praticados contra Concessionárias Prestadoras de Serviços Públicos [Furtos de Água e Energia] – DERFAE, na Repressão aos Crimes Contra o Consumidor e a Economia Popular (DERCCON) e Delegacia Interestadual e de Capturas (Polinter).

A ideia de obter uma cadeira de rodas partiu de agente de Polícia Civil lotado na (DEMA), evidenciando, em sua atuação diária, a necessidade do equipamento para suporte às necessidades do usuário dos serviços policiais:

“Como policiais civis, estamos sempre buscando alternativas com o objetivo atender melhor a população, sendo que, aqui no Complexo, nós atendemos muitas pessoas com dificuldades de locomoção, mas que precisam se deslocar para o registro de ocorrências ou então prestar depoimentos ou esclarecimentos. Desse modo, conseguimos a doação da cadeira de rodas junto ao Tocantins Alerta, um grupo de amigos que promovem ações sociais pelas redes sociais e que se disponibilizou a doar o item, que será muito bem utilizado por todos os cidadãos que necessitarem”, ressaltou o agente Jurandir Almeida.

“Corrente do bem”

No mesmo dia da entrega, a cadeira de rodas já foi “estreada” por Terezinha de Jesus. A senhora foi atendida pela unidade especializada em proteção ao idoso nesta quinta-feira, 31, e precisou de ajuda para se deslocar até o interior da Delegacia. Entusiasmada e feliz com o ato, a cidadã ofereceu produzir em artesanato uma capa para a cadeira: “Considero uma atitude muito nobre de nossos policiais civis, que deveria ser copiada por todos. Confortável, é muito importante uma cadeira como essa a nossa disposição. Quero colaborar com uma capa em artesanato, para enaltecer esse ato de amor, de cuidado com a vida dos outros, que precisam”, destacou.


 

Ao Vivo