Menu
Busca quarta, 11 de dezembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
32ºmax
22ºmin
EMPREENDIMENTO

Granol implantará indústria em Aguiarnópolis

04 fevereiro 2011 - 11h08

Na manhã desta quinta-feira, 03, na sala de reuniões da Secretaria de Indústria e Comércio do Estado do Tocantins, o Secretário da Pasta, Ernani Soares de Siqueira reuniu-se com representantes da Granol Indústria, Comércio e Exportação para apresentação da planta industrial da primeira processadora de grãos de soja no município de Aguiarnópolis, no norte do Estado.

Os gerentes da empresa Ronaldo Marques Sartório, José Carlos Senhorini e José Anthero C. Pelloso explicaram que o grupo dependia apenas da liberação ambiental para dar início às obras da esmagadora de soja, no município de Aguiarnópolis (TO). Inicialmente a indústria, que tem o início das operações previsto para 2013, terá a capacidade de processar entre mil a duas mil toneladas de soja por dia.

Além da esmagadora, a Granol já conta com dois armazéns de estocagem, localizados nos municípios de Porto Nacional e Figueirópolis e previsão para a construção de outros dois, nos municípios de Guaraí e Dianópolis. Recentemente o Governo do Estado concedeu a licença ambiental para o início das obras, que segundo os técnicos da Granol, tem início previsto para o segundo semestre de 2011.

Sobre a escolha de Aguiarnópolis para implantação da fábrica, Sartório explica que a região foi escolhida devido à sua proximidade com importantes meios de escoamento da produção (hidrovia, ferrovia Norte-Sul e rodovia BR-153).

Segundo o secretário da Indústria, do Comércio e do Turismo, Ernani Soares de Siqueira, para instalar o novo Parque Industrial no Tocantins, a Granol está sendo beneficiada pelos incentivos fiscais do Governo do Estado para indústrias transformadoras de matéria-prima produzidas na agricultura.

Ernani Siqueira ainda acrescenta que a vinda da empresa se deu em virtude da localização estratégica do Estado e da logística integrada dos modais ferroviário, hidroviário, rodoviário e aeroviário, que formam o Corredor Centro Norte. “O governador Siqueira Campos trabalha para criar vantagens competitivas que atraiam empresas de diversos segmentos para a região, como por exemplo, a Granol, que irá gerar mão-de-obra e renda para o Bico do Papagaio”, frisa o secretário.

Participaram também da reunião o Secretário de Agricultura, da Pecuária e Desenvolvimento Agrário, Jaime Café; o Secretário das Oportunidades, Omar Henneman; o Prefeito de Aguiarnópolis, José Rubens Cabral; o gerente para Palmas, José Carlos, Ronaldo Sartório, gerente contábil e José Antero, gerente de engenharia.

Geração de empregos
Segundo Ronaldo Sartório, gerente contábil da Granol, durante a fase de construção da indústria no Tocantins, serão gerados cerca de 1500 empregos, sendo que a implantação da primeira fase da Granol deve contribuir com a criação de mais 230 vagas de trabalho.

Sobre a Granol
A Granol é uma empresa de beneficiamento de soja com mais de 40 anos de atuação no Brasil. São cinco (05) unidades industriais, 25 regionais de compra e armazenagem de grãos, um terminal marítimo e outro fluvial, além do escritório-matriz em São Paulo.

A empresa emprega mais de 1.300 funcionários diretos e dispõe de uma capacidade anual de esmagamento de 1,9 milhões de toneladas de grãos, refino de 250 mil toneladas de óleo bruto, envasado em 250 milhões de unidades (latas, fibra-pack e garrafas PET) e conta com mais de 8.000 clientes ativos. (Da Folha do Bico)


AO VIVO