Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
33ºmax
22ºmin
EM QUATRO DIAS

Número de mortes por Covid-19 aumentam mais de 30% em Estados vizinhos ao Tocantins

17 abril 2020 - 12h03Por Redação

No início da semana, o Portal O Norte publicou dados mostrando a situação de mortes e casos notificados de Covid-19 nos Estados que fazem fronteira com o Tocantins e esta nova publicação de hoje, mostra que os números continuam crescendo. O fato acende um alerta para a população indicando aumento do risco de transmissão comunitária na região. 

Brasil

O número de mortes decorrentes do novo Coronavírus subiu para 1.924, um acréscimo de 188 óbitos nas últimas 24 horas no Brasil, que já tem registrado 30.425 infectados. Os dados do Ministério da Saúde foram atualizados nessa quinta-feira (17), que esta semana também divulgou o número de pacientes recuperados, que são 14.026. 

Situação no Tocantins

O Tocantins é o último no ranking de casos notificados e mortes por Covid-19 no Brasil. Até terça-feira (14), era o único sem mortes confirmadas pelo vírus, quando foi registrado o primeiro óbito, uma servidora pública da Saúde de Palmas. 

Neste cenário de pandemia, o Tocantins tem 31 casos confirmados nas cidades de: Palmas (21), Araguaína (05), Gurupi (01), Dianópolis (01), Cariri (01), Paraíso (01) e Tocantinópolis (01).

Vale ressaltar que foram divulgados o número de pacientes recuperados nas duas maiores cidades do Estado: sendo 05 em Araguaína e 07 em Palmas. 

Estados Vizinhos

Os seis Estados que fazem fronteira com o Tocantins somam até este momento, 120 mortes e mais de 2.648 mil casos notificados, o que indica um aumento considerável se comparado com a última divulgação feita pelo Portal O Norte na segunda-feira, que apontava 90 óbitos e 1.855 casos confirmados.

Segue os casos notificados e de morte de Covid-19 por Estado:

ESTADO CASOS CONFIRMADOS ÓBITOS
Bahia 951 30
Maranhão 695 37
Pará  438 24
Goiás 318 16
Mato Grosso 156 05
Piauí 91 08

O Maranhão concentra o maior números de mortes, enquanto que a Bahia tem o maior número de casos notificados.

Para conferir o "Painel Coronavírus" que mostra os dados em todos os Estados e regiões, basta acessar o link do Ministério da Saúde.

Flexibilização de Decretos

O Comitê de Crise estadual sobre o Coronavírus decidiu após reunião na segunda-feira (13), recomendar aos prefeitos a liberação gradativa da atividade econômica nas cidades afetadas por decretos municipais que estão restringindo o funcionamento do comércio. Dentre os argumentos levantados para a decisão, o Comitê formado por integrantes do Tribunal de Justiça (TJ), Defensoria Pública Estadual (DPE), entre outras importantes entidades, afirma ter levado em conta que o Tocantins ocupa a última posição no ranking de classificação por unidade federada dos casos de confirmação da Covid-19, contabilizando até aquele momento o número de 16,3 casos para cada milhão de habitantes.

Palmas

Em Palmas, a prefeita Cínthia Ribeiro questionou a postura tomada pelo comitê e reafirmou que não vai atender ao decreto estadual de liberação dos estabelecimentos que realizam atividades e serviços não essenciais. Em nota, o município afirmou que tem um plano próprio de flexibilização e o documento emitido pelo Estado não traz elementos técnicos que ofereçam segurança.

Desde a semana passada, o município tem colocado em prática medidas de flexibilização, a exemplo disso, as Lotéricas que foram autorizadas a reabrir e nesta terça, a Feira da 304 Sul também voltou a funcionar com regras específicas para a quantidade de feirantes, consumidores no local e outros detalhes relacionados à higienização do espaço. 

Araguaína

Em Araguaína, o prefeito Ronaldo Dimas também vem realizando medidas gradativas de funcionamento do comércio desde a semana passada. Também com regras específicas, as feiras livres voltaram a funcionar e depois de se reunir com proprietários esta semana, o gestor decidiu também autorizar a reabertura de restaurantes e academias na cidade.

Uma das justificativas defendidas por Dimas é a redução dos casos suspeitos e positivos do coronavírus no Município, além da melhoria do sistema hospitalar e de exames.

Colinas do Tocantins

Outros municípios do Estado também vem seguindo o mesmo caminho de flexibilização liberando aos poucos  a volta de algumas atividades, com as restrições recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A exemplo disso está a cidade de Colinas do Tocantins, que publicou um novo decreto liberando estabelecimentos para retomar o funcionamento, entre eles estão as academias esportivas e igrejas. As novas medidas foram anunciadas pelo prefeito Adriano Rabelo, durante uma Live realizada nesta quinta-feira (16).

 

AO VIVO