Menu
Busca sábado, 25 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
23ºmin
FISCALIZAÇÃO

Órgãos preparam força-tarefa para coibir aglomerações em praias de Miracema

22 julho 2021 - 11h47Por Ascom

Órgãos da força de segurança deverão intensificar fiscalizações na região de balneário de Miracema do Tocantins, nos próximos dois fins de semana. A decisão foi tomada durante reunião promovida pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO) na manhã desta quinta-feira, 22, com representantes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Marinha, Polícia Civil e do Município, a fim de alinhar ações para coibir aglomerações durante a temporada de praias.

O encontro foi conduzido pela promotora de Justiça Sterlane de Castro, que fez considerações acerca da necessidade da força-tarefa prosseguir com as fiscalizações para evitar situações como as ocorridas no início do mês, quando um estabelecimento da Praia do Funil teve suas as atividades suspensas por desrespeito às regras sanitárias. Com o fim da interdição, a preocupação dos órgãos é que novas situações voltem a ocorrer na região.

Especificamente sobre a Praia do Funil, Sterlane fez observações ao Município quanto à permissão do número excessivo de banhistas no local e orientou que o proprietário da pousada seja melhor instruído sobre as questões relacionadas ao limite de hóspedes, embarcações e de tendas à margens do rio. “A não observância das exigências ensejará medidas mais drásticas, como a cassação definitiva do alvará de funcionamento”, alertou.

Conforme definido, serão empreendidas novas operações conjuntas nos fins de semana, inclusive com reforço do quantitativo de agentes na capital, que farão blitz nas vias terrestres e aquáticas, com o fim de orientar e punir infratores.

Um novo encontro para avaliar o resultado das operações e verificar a necessidade de manter as fiscalizações acontecerá no dia 05 da agosto.

Participaram da reunião o major Brunno Alves Pereira, representando a Polícia Militar; major Rafael Cruvinel, do Corpo de Bombeiros Militar; Heliomar dos Santos Silva, da Polícia Civil; capitão Marcelo Barrios Lúcio, da Marinha; e o assessor jurídico do Município, Francisco Henrique Noleto.

AO VIVO