Menu
Busca sábado, 08 de agosto de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
20ºmin
DELAÇÃO

Operação policial cumpre mandados em secretaria estadual; uma pessoa foi presa

04 novembro 2019 - 08h27Por Redação

A Polícia Civil cumpriu na manhã desta segunda-feira (4), mandados de busca e apreensão na sede da Secretária da Infraestrutura, Cidades e Habitação para apurar um suposto esquema de corrupção e desvio de dinheiro público na construção de asfalto. Uma pessoa foi presa. 

Os mandados foram emitidos pela Justiça de Alvorada, entre eles está um de prisão, em que o alvo é um empreiteiro dono de uma usina de asfalto e que teria contratos tanto com o Governo do Estado quanto com vários municípios do Tocantins. O empresário foi preso em um prédio localizado na Orla de Palmas.

Delação

A operação seria o resultado de uma delação premiada por parte de um superintendente da Secretaria de Infraestrutura, Geraldo Pereira da Silva Filho, que em julho deste ano foi preso junto com sua filha, investigados por suposto envolvimento em um esquema de corrupção relacionado a fraudes em em reformas de imóveis públicos e obras de pavimentação asfáltica. Na operação "Via Avaritia"a polícia identificou que os prejuízos aos cofres públicos seriam de até R$ 29 milhões de reais. Entre os contratos de obras citados estão o Palacinho e a Casa Branca (que será residência oficial do governador).

A atual operação

Segundo a polícia, dessa vez a fraude aconteceu por meio do asfalto aplicado, que não incluía todos os componentes exigidos no contrato, deixando o produto mais barato e sem a devida qualidade da obra.

AO VIVO