Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
23ºmin
INFRAESTRUTURA URBANA

Ponte de Araguaína será demolida para passagem da Via Norte

03 setembro 2021 - 08h34

As obras da primeira etapa da Via Norte, maior projeto de infraestrutura urbana do Tocantins, avançam para a fase de conexão da nova avenida com a Cônego João Lima, no Centro. Para isso, será necessária a remoção da ponte da antiga avenida, que dará lugar às aduelas de canalização da nova via.

A demolição será iniciada neste sábado, 4, a partir das 13h30, horário em que já é menor o movimento em direção à região central da cidade. A previsão para liberação total da via, de acordo com a construtora responsável pela execução das obras, é para o dia 11 de outubro.

“A gente espera reduzir ao máximo esse período, já que as obras fluem com rapidez para que a gente possa entregar o mais breve possível a ligação da Via Norte com a Cônego João Lima”, comentou o prefeito Wagner Rodrigues.

Rotas alternativas

A Agência de Segurança, Transporte e Trânsito (ASTT) orienta os condutores sobre as rotas alternativas para evitar o trecho interditado. Quem segue no sentido Entroncamento ao Centro, deve desviar pela Marginal Neblina e na sequência poderá seguir pela Rua 13 de Maio ou Avenida Tocantins. Outra opção é o acesso ao Centro seguindo pela Rua 13 de Junho, no Setor Dom Orione, até a Rua Neblina.

Já quem vai do Centro rumo ao Entroncamento, pode desviar pela Rua 13 de Junho, seguida da 13 de Janeiro e 13 de Julho, podendo retornar à Cônego João Lima pela Rua Soares.

“Todas as modificações serão devidamente sinalizadas, haverá placas indicativas dos pontos interditados e rotas de desvio”, afirmou o diretor de Engenharia e Planejamento da ASTT, Antônio Ferraz Júnior. 

Águas de Araguaína

O desenvolvimento sustentável, com investimento em infraestrutura aliado à preservação das nascentes, é o objetivo do Projeto Águas de Araguaína. O projeto é executado com financiamento obtido por meio do Banco de Desenvolvimento da América Latina – Corporação Andina de Fomento (CAF).

A canalização evitará a degradação dos recursos hídricos disponíveis nos córregos Canindé e Neblina, principais afluentes da bacia do Lontra, consequentemente colaborando para a despoluição do Lago Azul.

Além da implantação da Via Norte, que ligará o centro da cidade a 14 bairros, o Projeto contempla uma série de obras nos bairros, a criação de bacias de detenção da água das chuvas, e a implantação de vários pontos de área verde, totalizando um investimento de mais de R$ 350 milhões.

A canalização evitará a degradação dos recursos hídricos disponíveis nos córregos Canindé e Neblina, principais afluentes da bacia do Lontra, consequentemente colaborando para a despoluição do Lago Azul
 

 

AO VIVO