Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
21ºmin
ARAGUAÍNA

Prefeito anuncia nova live para tratar sobre medidas de combate ao Covid-19 na cidade

13 abril 2020 - 13h05

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, realizará nesta segunda-feira, 13, às 19 horas, nova reunião com representantes de pelo menos 22 instituições de diversos seguimentos sociais, de saúde, segurança e economia. O objetivo é seguir com as discussões sobre as medidas integradas de contenção ao novo coronavírus (covid-19) na cidade. O encontro será on-line e transmitido pelas redes socias da Prefeitura (@nossaaraguaina).

Participarão da reunião o Sindicato Rural de Araguaína (SRA), Associação Comercial e Industrial de Araguaína (Aciara), Conselho Consultivo das Associações de Bairros de Araguaína (CCABA), Sindicado do Trabalhadores do Comércio, Hospital Municipal de Araguaína (HMA), Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Hospital de Doenças Tropicais (HDT), Hospital Dom Orione (HDO), ministérios públicos do Estado (MPE), Federal (MPF) e do Trabalho (MPT).

Devem participar também a Câmara Municipal de Vereadores, Defensoria Pública, secretarias estaduais da Saúde, da Fazenda e da Assistência Social, policias Militar (PM) e Civil (PC), Corpo de Bombeiros, curso de medicina da Universidade Federal do Tocantins, curso de medicina do Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos (Unitpac), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Último encontro
A primeira reunião do prefeito Ronaldo Dimas foi no último dia 31, com 22 representantes de instituições de vários segmentos no ginásio esportivo da Escola Domingos de Sousa Lemos, no Setor Jardim das Flores.

A oportunidade foi usada para entendimento da atual situação econômica e de saúde, discutir os rumos das medidas contra a covid-19 e também somar esforços. Após seis horas de reunião com pronunciamento todos os convidados que compareceram, ficou decidido que as medidas tomadas por meio de decretos municipais ficariam mantidas até melhor entendimento e adaptação da estrutura hospitalar para conter a doença na região.

AO VIVO