Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
33ºmax
22ºmin
TOCANTINS

Procon divulga o ranking das 10 empresas mais reclamadas em 2019

16 março 2020 - 12h25

Em alusão ao Dia Mundial do Consumidor, comemorado neste domingo, 15 de março, o Procon Tocantins divulgou o ranking das 10 empresas mais reclamadas, em 2019. Os dados são da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacom). O Banco Bradesco, Lojas Nosso Lar, BRK, Energisa e Brasil Telecom Celular ocupam os cinco primeiros lugares no ranking.  A divulgação desses dados está prevista no Código de Defesa do Consumidor (CDC).

“Reclamações fundamentadas são as reclamações findadas em audiências de conciliação, onde são classificadas com atendidas e não atendidas pelos fornecedores”, explicou Walter Viana, superintendente do Procon Tocantins.

No ranking, o Banco Bradesco lidera em primeiro lugar com 147 reclamações, sendo 58 não atendidas. As Lojas Nosso Lar aparece em segundo com 137 reclamações e apenas uma não atendida. Em 3º lugar, está a BRK Tocantins com 114 reclamações e 43 sem solução. A Energisa aparece em seguida com 109 reclamações, sendo 64 também não atendidas e a Brasil Telecom Celular, sendo das 103, 57 não foram atendidas.

As demais reclamadas são Casas Bahia, Banco BMG, Samsung, Brasil Telecom (telefonia fixa) e Cardif do Brasil Seguros e Garantias. O Procon Tocantins divulga ainda a quantidade de reclamações e as atendidas e as não atendidas.

O que diz o CDC

Art. 44. “Os órgãos públicos de defesa do consumidor manterão cadastros atualizados de reclamações fundamentadas contra fornecedores de produtos e serviços, devendo divulgá-lo pública e anualmente. A divulgação indicará se a reclamação foi atendida ou não pelo fornecedor”.

Nota da Energisa

Nota

A Energisa informa que tem trabalhado para estar cada vez mais próxima do seu cliente, tanto que neste ano foi eleita, pelos consumidores, como a melhor distribuidora de energia da região Norte do Brasil. A concessionária se destaca pelo diálogo aberto e pela facilidade de acesso, com diversas ferramentas à disposição dos clientes.

A empresa reforça que nos últimos dois anos registrou queda de 48% no número de reclamações no Procon. Além disso, a Energisa tem mais de 600 mil clientes, número muito superior às demais empresas do estado e, mesmo assim, apenas 3% do total de atendimentos registrados no Procon, em 2019, referem-se à empresa.

AO VIVO