Menu
Busca sábado, 31 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
31ºmax
23ºmin
FORMAÇÃO ONLINE

Professores se preparam para retorno gradativo das aulas em Araguaína

15 julho 2020 - 11h11

Para que o retorno gradativo das aulas nas 79 escolas municipais de Araguaína possa ser realizado de forma segura, profissionais têm participado de um trabalho de formação continuada. O processo está sendo realizado pela internet, por meio de transmissões ao vivo, e pretende capacitar os profissionais para esta nova realidade.

De acordo com a coordenadora pedagógica da Escola Municipal Prefeito João de Sousa Lima, Adriana Barros, toda esta mudança dos processos convencionais para a utilização de novas ferramentas, como o celular, tem sido desafiadora.

“Apesar de ser uma mudança de realidade que não esperávamos antes da pandemia, nossos professores se mostraram muito dedicados a vencer o processo de adaptação e hoje estamos colhendo bons resultados no ensino das crianças”, contou a coordenadora.

Atualmente, mais de 21 mil estudantes de Araguaína estão matriculados em escolas públicas da Rede Municipal de Ensino e desde o mês de junho já participam das aulas por meio do sistema de ensino remoto, acessando o Portal do Aluno ou retirando o material didático na escola a cada 15 dias.

Cerca de mil professores, coordenadores pedagógicos, gestores das unidades de ensino e técnicos da área pedagógica da secretaria estão participando do processo de formação pela internet, que também trabalha a parte emocional dos funcionários. Durante a última transmissão, realizada nessa terça-feira, 14, as palestras trataram de temas como a saúde emocional no período de pandemia.

“Nós temos que lembrar que é um processo difícil para todos nós, profissionais da educação, estudantes e pais. Mas o retorno seguro das aulas é de extrema importância para a educação dos nossos estudantes que não podem ficar desassistidos”, explicou a professora Lucimar Moreira.

Protocolos de segurança

O protocolo de segurança criado pelo Município inclui medidas específicas para o retorno gradativo das aulas, como o distanciamento de 1,5 m entre as carteiras, desinfecção do transporte escolar e o uso de máscara obrigatório para alunos e funcionários.

Esta semana os alunos das 13 escolas da zona rural iniciaram o sistema de ensino semipresencial, que dividiu os 495 alunos em dois grupos que revezam a frequência na sala de aula com atividades em casa. O sistema também deverá ser implantado gradativamente nas escolas municipais que ficam na área urbana.

AO VIVO